Praça revitalizada por moradores do Brooklin sofre com falta de zeladoria da Prefeitura

0
143

Entre 2015 e 2016, os moradores do bairro se reuniram em vários mutirões para cuidar da praça. Então, a Prefeitura chegou com uma placa informando que faria obras de revitalização, com o custo de R$ 40.724,38 e nada foi feito


Uma das maiores praças do Brooklin, a Praça Acibe Ballan Camasmie, está abandonada pela Prefeitura. Essa é a conclusão dos moradores da região que reclamam da sujeira, falta de conservação da quadra esportiva e bancos, da presença de moradores em situação de rua.

A sensação de abandono fica ainda mais acentuada ao lembrar que, entre 2015 e 2016, os moradores do bairro se reuniram em vários mutirões para cuidar da praça. “A gente pintou quadra, bancos novos, tentamos colocar placas nas árvores, fizemos horta. Revitalizamos a praça inteira e mantivemos por mais de um ano a sua limpeza e organização. A gente chegou a ter um grupo de mais de 40 pessoas, fazendo vaquinha entre os moradores. Doamos nosso tempo e nunca mais revitalizaram”, explica Patty Cacciatore.

Os moradores revitalizaram toda a Praça Acibe Ballan Camasmie

Os mutirões de revitalização faziam parte do projeto Praças.co, que pretendia revitalizar as praças da cidade com parquinhos, horta comunitária, mobiliário urbano (bancos e mesas), arborização, área para cães, limpeza e zeladoria.

Segundo Marcelo Rebelo, fundador do projeto, a Prefeitura aprovou a movimentação dos moradores na praça para revitalizá-la. “Este projeto, foi nossa primeira praça, onde atuamos de forma embrionária e conseguimos resultados muito positivos durante o período. As ações tinham autorização da Subprefeitura e foram patrocinadas por um parceiro privado. A prefeitura sempre foi parceira do projeto e nunca atuou de forma a impedir qualquer realização de melhoria”.

Porém, em fevereiro de 2015, segundo a participante Patty Cacciatore, “a Prefeitura, gestão Doria, num dia passou na praça, removeu tudo que tínhamos feito e disse que dali para diante seria uma praça modelo da Prefeitura”.

No mesmo período, uma placa foi fixada no local detalhando as obras de revitalização na Praça, mas apenas “colocaram uma cerca em volta do parquinho caindo aos pedaços e sumiram”. Segundo a placa, as obras teriam um orçamento de R$ 40.724,38.

Em nota, a Subprefeitura Pinheiros informou que “realiza zeladoria periódica na Praça Acibe Ballan Camasmie. Uma equipe esteve na praça no dia 04 e realizou a limpeza e conservação nas áreas verdes do local. Também é feito periodicamente o recolhimento de materiais volumosos e inservíveis deixados no local por moradores de rua. Em ações de zeladoria como estas, onde há algum acúmulo de materiais que impedem a circulação ou livre passagem, os moradores são orientados a ficar com seus pertences pessoais, conforme o decreto Nº 57.581”.

Questionada sobre as obras realizadas no local com os R$ 40.724,38, a Prefeitura disse apenas que “estuda futuras intervenções na praça”.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.