Polícia monta esquema de segurança para depoimento de Neymar em Santo Amaro

0
495

Segundo o Conselho de Segurança de Santo Amaro, haverá aglomeração e interdições ao redor da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher que investiga a acusação de estupro contra o jogador

 

 

Nesta quinta-feira (13), por volta das 16h, o jogador de futebol Neymar Jr. deve prestar depoimento na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) em Santo Amaro, sobre a acusação de estupro feita pela modelo Najila Trindade.
Segundo o Conselho de Segurança de Santo Amaro, munícipes devem evitar a região pois haverá aglomeração e interdições ao redor da DDM.
A segurança nas proximidades da delegacia será feita pelo Grupo de Operações Especiais da Polícia (GOE). O jogador deve chegar a São Paulo de helicóptero e, no caminho até a delegacia, será escoltado por viaturas policiais. Seguranças particulares também fazem parte do esquema de proteção.
Grades serão posicionadas para conter a presença de curiosos e a imprensa terá um espaço reservado, para que o jogador, advogados e policiais possam entrar e sair da delegacia sem serem cercados por fãs e jornalistas.

 

ACUSADO DE ESTUPRO
Neymar é acusado de ter agredido e estuprado a modelo Najila Trindade, no dia 15 de maio em um hotel em Paris, na França.
Os dois se conheceram pela internet e combinaram a viagem da modelo para um encontro. Porém, Najila se recusou a ter relações sexuais porque Neymar não tinha preservativos. Em entrevista, ela disse que foi “vítima de estupro. Agressão juntamente com estupro”.
O jogador negou todas as acusações e publicou, na internet, conversas e fotos íntimas de Najila. Por causa disso, também é investigado pela Delegacia de Repressão a Crimes de Informática devido a exposição de fotos íntimas da modelo.

 

__

FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.