19.5 C
São Paulo
quarta-feira, 29 junho, 2022
Mais

    Polícia encerra festas clandestinas que reuniram cerca de 500 pessoas no Itaim Bibi

    Mais lidas

    No último final de semana, 300 pessoas se reuniram numa casa noturna e outras mais de 200 estavam em um show de pagode na região do Itaim Bibi. Os dois estabelecimentos descumpriram medidas sanitárias como distanciamento social e algumas pessoas não usavam máscaras de proteção


    No último final de semana, o Comitê de Blitze do Governo do Estado e da Prefeitura de São Paulo encerraram pelo menos duas festas clandestinas na região do Itaim Bibi.

    Na sexta-feira (2), cerca de 300 pessoas estavam aglomeradas em uma casa noturna, sendo que 90 delas estavam sem máscara. Com a chegada das autoridades, algumas pessoas tentaram fugir pelos fundos do imóvel e uma pessoa foi detida por desobediência e desacato à autoridade. O local foi autuado pelo Procon e pela Vigilância Sanitária e vai responder por desobediência às regras sanitárias.

    No domingo (4), cerca de 275 pessoas estavam em um bar, onde acontecia um show de pagode.

    “Agentes da Polícia Civil, Polícia Militar, Procon, Vigilância Sanitária Estadual e órgãos municipais flagraram os dois estabelecimentos descumprindo medidas sanitárias como distanciamento social e algumas pessoas não usavam máscaras de proteção. Os locais foram autuados e fechados”, informou o Governo do Estado.

    Segundo o Governo de São Paulo, qualquer pessoa pode denunciar festas clandestinas e funcionamento irregular de serviços não essenciais:

    • pelo telefone: 0800-771-3541
    • pelo site: www.procon.sp.gov.br
    • pelo e-mail do Centro de Vigilância Sanitária: secretarias@cvs.saude.sp.gov.br

    “O descumprimento das regras sujeita os estabelecimentos a autuações com base no Código Sanitário, que prevê multa de até R$ 290 mil. Pela falta do uso de máscara, que é obrigatória, a multa é de R$ 5.278 por estabelecimento, por infrator. Transeuntes em espaços coletivos também podem ser multados em R$ 551,00 pelo não uso da proteção facial”, informa o Governo de São Paulo.


    SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas