Parque Ibirapuera celebra 69 anos com marca de lixo zero e lançamento da Central de Reciclagem

0
670
Coleta de resíduos digitais pode render benefícios, por meio de um cashback

A nova Central de Reciclagem receberá a visita de escolas e desenvolverá atividades educativas ambientais


O Parque Ibirapuera completa 69 anos esse mês e recebeu uma marca fundamental na preservação do meio ambiente da cidade de São Paulo e que contribui para a conservação do planeta: agora é um Parque lixo zero. A Urbia, gestora do Parque, em parceria com a Braskem, antecipou essa meta em dois anos por meio do gerenciamento adequado dos resíduos gerados pelo público que frequenta o espaço. Na segunda etapa do projeto está prevista a inclusão do lixo gerado nos eventos de terceiros e equipamentos fora da concessão.

A meta de zerar o lixo do Ibirapuera faz parte de uma iniciativa que tem como objetivo impulsionar a coleta de materiais recicláveis no parque e dar o destino adequado aos resíduos, otimizando a reciclagem.

No total, já foram recicladas mais de 380 toneladas de resíduos. Neste número, estão incluídos os materiais recicláveis (vidro, plástico, metal, papel e eletrônico) e coco verde não destinados para aterro. Esse montante pode ser comparado a uma frota de 322 carros populares. Na divisão dos resíduos por classificação foram coletadas 173 toneladas de recicláveis e 212 toneladas de coco.

A iniciativa contempla outros formatos de reuso, como a geração de adubo, que utiliza resíduos orgânicos, e aproveita o coco verde vendido e consumido no parque. O processo de triagem e trituração das podas e vegetações do parque gera uma biomassa que se torna um recurso de energia renovável. Além disso, os rejeitos vindos do parque podem ser utilizados como fonte alternativa de energia nos fornos de produção de cimento.

A Central foi totalmente requalificada e receberá visitas de escolas, além de desenvolver atividades educativas ambientais. Dentre as melhorias na infraestrutura, estão a instalação de tenda nova, mesa separadora, caçambas para armazenamento de resíduos e uma horta com 18 tipos de plantas. A Central faz parte do projeto Eco 360 do Parque Ibirapuera, e representa um dos passos para o cumprimento do Plano de Gerenciamento de Resíduos do Parque.

Para incentivar o descarte consciente de materiais recicláveis dos usuários já foram instalados coletores digitais e analógicos. Com o descarte correto nas lixeiras digitais, uma série de benefícios como descontos serão disponibilizados aos usuários por meio de um sistema de cashback.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.