Paraisópolis e Cidade Ademar terão cinema ao ar livre, e gratuito, neste fim de semana

0
872

Cine Geek leva sessões gratuitas a diversas regiões de São Paulo


Ao longo de seus 20 metros de extensão, a carreta carrega um cinema ao ar livre, uma exposição de arte e uma oficina de stop motion. É o CINE GEEK, que levará atrações variadas para a periferia de São Paulo.
As sessões de cinema são gratuitas, em locais públicos e com mais de 120 filmes e desenhos de curta-metragem com classificação livre.

Os filmes (com títulos de vários países) foram cuidadosamente selecionados e adequados a pessoas de todas as idades e baseados em temas como inclusão social, sustentabilidade, meio ambiente e tolerância.

Em cada sessão, é apresentada uma seleção diferente de curtas trazendo desde os premiados “Ian”, da CGI Ian Foundation, e “Cuerdas”, de Pedro Solís García; os independentes, como “Gebonnions”, de Aju Mohan, até produções de alunos da escola franco-canadense ESMA (École Supérieure des Métiers Artistiques).

“É uma opção de atividade cultural para quem quer ter uma experiência de cinema, que chega de forma gratuita e democrática”, comenta Sueli Parisi, produtora responsável pelo projeto, que é realizado pela Mosaiky.

Antes das sessões, serão realizadas atividades interativas dentro da carreta. Workshops gratuitos em uma estação de stop motion para quem quer aprender a criar seus próprios filmes e animações usando fotos quadro a quadro e uma exposição de arte.
Segundo o diretor executivo do Poliedro Educação, Marcello Sarkis, iniciativas como o Cine Geek estão em consonância com o processo educacional que a Instituição acredita. “O acesso à arte e à cultura é fundamental para o desenvolvimento do ser humano e suas potencialidades. Queremos valorizar e fortalecer essa atividade cultural inclusiva, que traz a reflexão sobre temas relevantes com a linguagem universal do cinema”, afirma.

Batizada de “Futuro do Pretérito”, a exposição apresenta tecnologias antigas fossilizadas. Entre eles, fax, máquina de escrever, telégrafos, aparelhos de telefone de discar, câmeras de vídeo e até secretária eletrônica.

Os objetos surpreendem jovens que nasceram com o celular nas mãos. “É uma realidade de tempos nem tão longínquos apresentados como fósseis que nos permite contemplar o avanço da tecnologia, mas deixa também uma reflexão e sensibilização sobre obsolescência programada”, diz Murillo Denardo, diretor de arte do projeto.

Vale ressaltar que a visitação é livre. Crianças e jovens tem a oportunidade de conhecer em “primeira mão” esses equipamentos eletrônicos que caíram em desuso, demonstrando sua evolução até as mais recentes tecnologias.

A exposição acontece durante todo o dia, com visitas guiadas em pequenos grupos. O Cine Geek é feito através do PROMAC

AGENDA
De 20 a 23 de abril — CEU Paraisópolis — Paraisópolis
De 27 a 30 de abril — CEU Alvarenga — Cidade Ademar


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.