15.2 C
São Paulo
domingo, 22 maio, 2022
Mais

    Outubro Rosa | Câncer de mama é o câncer que mais mata mulheres no Brasil, previna-se!

    Mais lidas

    Criado no início dos anos 1990, o Outubro rosa virou campanha em São Paulo em 2002, hoje é uma preocupação nacional alertando sobre a prevenção


    Já virou tradição o mês de outubro ser considerado o “Outubro Rosa”, alertando a população sobre o combate e prevenção ao câncer de mama. O movimento começou no início da década de 1990, através da Fundação Susan G. Komen for the cure, em Nova York, EUA. A ação visa prevenir e conscientizar a mulherada para que não aconteça consequências piores a um possível diagnóstico da doença.

    O Câncer de mama é um tumor maligno que ataca o tecido mamário e é um dos tipos mais comuns. Ele se desenvolve quando ocorre uma alteração de apenas alguns trechos das moléculas de DNA, causando uma multiplicação das células anormais que geram o cisto.

    Esse é o segundo tipo de câncer que mais causa morte em mulheres no mundo, já no Brasil é o câncer que mais mata, o câncer possui alguns fatores de risco, como idade avançada, história familiar e hábitos de vida. O diagnóstico é feito através de exames de ultrassom, mamografia e biópsia.

    Alguns dos sintomas são a aparição de um nódulo (sintoma mais comum), edema, retratação de pele (ruga), sangramento pelo mamilo e alteração da aréola. O tratamento pode ser feito por radioterapia, quimioterapia, hormonioterapia e cirurgia, vai a partir do diagnóstico do médico, é preciso se atentar, pois o diagnóstico precoce poderá tratar o câncer de maneira muito mais fácil e saudável.

    O primeiro ano de Outubro Rosa no Brasil aconteceu em 2002, em São Paulo, depois, em 2010, o Instituto Nacional do Câncer aderiu ao movimento e passou a promover eventos técnicos e disseminar informações sobre a prevenção do câncer de mama.


    SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

    - Patrocinado -

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas