ONG ‘Aliança com a Vida’, que abriga animais é homenageada

0
1289

Paulo Macruz, um dos fundadores da ONG ‘Aliança com a vida’, é homenageado pela Loja Maçônica, ARLS John Philip Sousa


Estima-se que no Brasil existam mais de 170 mil animais em estado de vulnerabilidade sob os cuidados de ONGs, dos quais 96% são cães, com uma concentração de percentual maior na região sudeste.

O Brasil tem a 4ª maior população de animais de estimação do mundo, acredita-se que sejam mais de 130 milhões deles, mesmo assim no país são mais de 20 milhões de cães precisando de um lar. Somente na cidade de São Paulo índices indicam 2 milhões de cães em estado de abandono.

Existe uma preocupação imensa com o crescimento destes números, razão pela qual, centenas de ONGs realizam trabalhos exemplares para humanizar de maneira substancial esta situação, cada uma com características próprias e cumprindo seu papel social e cívico.
Entre elas, a ONG Aliança com a Vida, foi homenageada por seu trabalho na cidade de São Paulo, pela ARLS John Philip Sousa, Loja Maçônica Filiada ao Grande Oriente de São Paulo, que acompanhou suas atividades, inclusive um resgate de quarenta cães em estado de abandono. A homenagem e diplomação foi recebida pelo empresário Paulo Macruz.

A ONG foi fundada em fevereiro de 2009 por Paulo Macruz e suas filhas: Flavia Macruz e Paula Macruz, com atuação voltada principalmente no resgate de animais feridos ou em situação de risco, recuperação e adoção deles. Ela mantém um abrigo com cerca de 60 animais, somente cães, todos resgatados das ruas, onde eles são protegidos, alimentados e aguardam pela chance de serem adotados.

A sede está localizada na Zona Sul de São Paulo. No qual possuímos dez canis, onde existe uma equipe que cuida de todos os cachorros diariamente.

De acordo com um de seus fundadores, em média estima-se que são necessários cerca de R$ 6.000 por mês para sustentar a ONG por meio de doações, rifas, parcerias e vendas nos bazares que tornam esse sonho possível.

Ela tem como missão, possibilitar aos cães abandonados e rejeitados, uma vida justa e digna, com respeito, amor e cuidado, através de programas de resgate de animais necessitados e de adoção.

Segundo a ONG, para uma Adoção responsável deve-se considerar alguns fatores:

Moradia
Caso você não more sozinho, obtenha a aprovação de todas as pessoas que moram na mesma residência que você, antes de levar um peludo para casa. Caso a residência seja alugada, você também precisa se certificar que o proprietário aceita animais.

Custos
Animais geram custos! Verifique se você possui os recursos financeiros necessários para manter o seu melhor amigo com saúde, boa alimentação, banhos, medicamentos, veterinários, e passeios por exemplo.

Disponibilidade
O animalzinho precisa de tempo de qualidade, para carinhos, brincadeiras, passeios e companhia. Os animais levam um tempo para se adaptar e não conhecem as regras da nova casa. É preciso ensinar e treinar com muito amor e paciência, podendo fazer suas necessidades em lugar errado, destruir e comer utensílios da casa, latir e chorar, entre outras ações normais no processo de adaptação.

Cuidados
O animal não sabe limpar suas necessidades e nem tomar banho, você tem conhecimento e tempo para realizar a limpeza do local e dar banho quinzenalmente no bichinho?

Outros animais
É importante levar o animal para encontrar outro antes de levar para casa, eles nem sempre vão se dar bem e o primeiro contato é importantíssimo.

Situações de viagens
Avalie a frequência que você viaja, se tem alguém que você pode deixar ou tenha uma situação financeira estável para pagar algum lugar para ficar com ele.

A ONG tem diversas atividades que incentivam a adoção de cães, uma delas é a Feira de Adoção mensal realizada em estacionamentos de Pet Shop. Saiba mais sobre a agenda das atividades da ONG e como adotar através do site www.aliancacomavida.com.br.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.