O Sesc Vila Mariana recebe a Companhia Circense “Solas de Vento”

0
1569

A Companhia apresenta seu mais novo espetáculo “Vento”, no dia 10 de março


Na sexta-feira (10), o Sesc Vila Mariana receberá, no Teatro Antunes Filho, o espetáculo “Vento”, encenado pela companhia circense “Solas de Vento”. As vendas começaram na terça-feira (28), pelo Portal Sesc São Paulo, e no dia 1º, às 17h, em qualquer unidade do Sesc no Estado de São Paulo. Ingressos entre R$ 12 e R$ 40.

“Vento” é um espetáculo que integra duas pesquisas desenvolvidas pela Cia Solas de Vento: o aprofundamento de uma dramaturgia circense e o uso de projeções criadas ao vivo, para propor uma discussão sobre futuros e presentes possíveis, utopias e distopias, potência e impotência.

Cada performance dos artistas em palco é um ato político, o grupo usa cenas poéticas e momentos cômicos para chamar a atenção para problemas atuais. A narrativa é toda construída pelo trabalho corporal de cada intérprete que, sem se utilizar da palavra, afirmam suas características e individualidades e reforça o poder do coletivo.

A companhia “Solas de Vento” nasceu em 2007, na cidade de São Paulo, da parceria entre o brasileiro Ricardo Rodrigues e o francês Bruno Rudolf. O trabalho artístico da dupla direcionou-se para a reflexão em torno das relações interpessoais, de um imaginário sobre terras e culturas distantes e sobre o que permite aproximá-las. Assim, as criações da companhia, como “Homens de Solas de Vento” (2007), “Os Perdidos” (2010), “A Volta ao Mundo em 80 dias” (2011), “Memória Roubada” (2013) e “Viagem ao Centro da Terra” (2015) abordam, muitas vezes sem o uso de palavras, os temas da viagem, da ideia de encontros possíveis com outras culturas, outros horizontes reais e imaginários, em performances cênicas que mesclam teatro, artes circenses, teatro físico, dança contemporânea e projeção de vídeo.

A Companhia já se consolidou na paisagem nacional das artes cênicas, percorrendo mais de 50 cidades do Brasil de Norte a Sul, recebendo prêmios e apoios municipais, estaduais e federais, e está construindo uma carreira no exterior como referência brasileira em produções cênicas criativas e de qualidade: apresentou-se no festival PlusBrasil (Alemanha), no Tokyo Metropolitan Theatre (Japão), no Uijeongbu Festival (Coréia do Sul) e no Shanghai International Children’s Festival (China).


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.