Número de assaltos a ônibus cresce 9% em SP, entre 2017 e 2018, principalmente na Zona Sul

0
463

Apenas de janeiro a março deste ano, foram registrados 45 assaltos na SPTrans, a maioria deles na região Sul da cidade

 

 

Em 2018 a cidade de São Paulo registrou 318 assaltos em ônibus, um aumento de 9% em relação a 2017, ano que registrou 291 ocorrências, de acordo com a SPTrans. O principal item levado dos passageiros durante os assaltos são os celulares.  Apenas de janeiro a março deste ano, foram registrados 45 casos na SPTrans, sendo que a maioria deles aconteceram na Zona Sul.
Nesta semana, um homem foi preso acusado de aliciar dependentes químicos para assaltar os ônibus em troca de perdão pelas dívidas de drogas. Segundo o Dr. Solano, delegado titular do 99° DP Campo Grande, mais de 300 celulares foram apreendidos, mas desde o início do ano, mais de 900 aparelhos foram roubados.
“Os aparelhos estavam com o Rogério [Nunes da Silva], possuidor de uma casa de eletroeletrônicos, que os comprava de Itamar [Viana Justino], que desmanchava e vendia as peças. Em média, por cada empreitada, os marginais (trio), 2 homens e 1 mulher, roubavam de 15 a 60 aparelhos, sendo que, diariamente, acontecia um ou dois roubos”, disse o Dr. Solano. Segundo o delegado, durante as investigações, foram presas 12 pessoas.
A Secretaria de Segurança Pública disse que a PM tem intensificado o policiamento e fez uma operação na Zona Sul para prender bandidos que roubam carros e ônibus.
“Com a prisão, acreditamos que colocamos um ‘PONTO FINAL’ nesse círculo vicioso e perigoso, daí porque batizamos essa operação de ‘PONTO FINAL’, reduzindo esse tipo de crime a índice próximo de zero, na Região Sul de São Paulo, explicou o delegado.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.