Na Zona Sul de SP, Polícia prende mulher suspeita de participar de mega-assalto em Santa Catarina

0
63

A prisão aconteceu no bairro do Jardim Reimberg, região do Grajaú. Os policiais apreenderam mais de 200 munições para fuzil, 86 detonadores de explosivos, além de 6 tijolos de cocaína. A polícia suspeita que a mulher seja integrante da parte de logística da organização criminosa responsável pelo roubo ao Banco do Brasil na cidade de Criciúma, na última terça-feira (1°)


A Polícia Civil de São Paulo prendeu, no bairro do Jardim Reimberg, região do Grajaú, uma mulher suspeita de participar de um mega-assalto na cidade de Criciúma, em Santa Catarina, na madrugada da última terça-feira (1°).

A mulher, de 31 anos, que trabalha como auxiliar de limpeza, estava em um imóvel na Rua Alba Valdez. Os policiais chegaram ao local após uma denúncia anônima de que uma pessoa envolvida no crime estaria escondida na Zona Sul de São Paulo.

Os policiais apreenderam mais de 200 munições para fuzil calibre 7.62, rádios comunicadores, 86 detonadores de explosivos, 10 celulares, 2 carregadores de pistola calibre 9mm, além de 6 tijolos de cocaína, que pesaram cerca de 4,3 kg. Um carro também foi apreendido e a Polícia apura se o veículo foi usado na fuga dos bandidos.

“As investigações apontaram que o marido da mulher detida estaria envolvido em um grande roubo ocorrido no início desta semana, em Criciúma, Santa Catarina, onde houve a utilização de explosivos e armas de grosso calibre. Ele foi identificado, uma vez que sua cédula de identidade foi recolhida no imóvel”, informou a Secretaria de Segurança Pública. Malotes de dinheiro do Banco do Brasil também foram encontrados.

A polícia suspeita que a mulher seja integrante da parte de logística da organização criminosa responsável pelo roubo em Criciúma. Ela faria parte do transporte de munição e celulares, além de dar apoio operacional ao restante da quadrilha.

Vanessa de Faria Santos foi presa em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de armas. O caso foi registrado no 25° Distrito Policial Parelheiros e é investigado pela 6ª Seccional da Polícia Civil, em Santo Amaro.

MEGA-ASSALTO

Na madrugada da última terça-feira (1), uma quadrilha sitiou o centro da cidade de Criciúma, em Santa Catarina. Para invadir a tesouraria regional de uma agência do Banco do Brasil, o grupo com cerca de 30 pessoas bloqueou ruas e acessos da cidade, fez pessoas reféns para usá-las como escudos e atiraram várias vezes. Um policial militar e um vigilante ficaram feridos, mas ninguém morreu.

A ação durou 1 hora e 45 minutos e deixou os moradores apavorados. A Polícia encontrou 10 carros, usados pelo bando, abandonados em um milharal. Na fuga, parte do dinheiro ficou espalhado pelas ruas e os criminosos deixaram 30 kg de explosivos no local.

A Polícia prendeu quatro moradores que conseguiram juntar R$ 810 mil do dinheiro roubado que ficou espalhado no chão. O Banco do Brasil ainda não informou o valor roubado.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.