16.4 C
São Paulo
domingo, 26 junho, 2022
Mais

    Museu do Ipiranga está com 80% das obras concluídas com entrega agendada para o bicentenário da independência do Brasil

    Mais lidas

    Além de toda a restauração dos espaços e acervos, o Museu dobrará de área com a construção de uma nova entrada modernizada, prometendo novas atrações no local futuramente


    No dia 7 de setembro de 2022 será comemorado o bicentenário da independência do Brasil, declarado por Dom Pedro de Alcântara, então Imperador do Brasil no ano de 1822, nas margens do Rio Ipiranga, por aqui, na Zona Sul de São Paulo.

    Em comemoração a esta importante data para a história de nosso país, o Museu do Ipiranga anunciou em janeiro que já está com 80% das obras de restauração e ampliação do museu concluídas, e está com a data de entrega justamente no dia 7 de setembro, em cerimônia do bicentenário.

    O Museu do Ipiranga está localizado no Palácio construído justamente para celebrar a independência do Brasil-Colônia, embora pareça um palácio de Dom Pedro, ninguém da Família Real jamais morou nele.

    O Museu fechou as portas para visitação em 2013, e posteriormente a Prefeitura, em parceria com diversas empresas patrocinadoras, decidiram restaurar o espaço para o bicentenário neste ano de 2022.

    Todos os ambientes, paredes, luminárias, portas, móveis e objetos estão sendo restaurados. Uma curiosidade se dá pelo icônico quadro de Pedro Américo de Figeueiredo, “Independência ou Morte”, de 4,15 metros de altura e 7,60 metro de largura, retratando o grito de independência, não ter sido possível retirar da parede para restauração, o quadro grudou na parede de forma a não ter como retirar, portando a obra está sendo restaurada no local tomando todos os devidos cuidados.

    Além da restauração do espaço, o Museu do Ipiranga está ganhando espaços novos, a obra de ampliação consiste em uma escavação feita em frente ao prédio, onde terá uma nova entrada, com bilheteria, auditório para 200 pessoas, espaço educativo, café, loja e sala para exposições temporárias.

    Atualmente os profissionais estão cuidando da restauração dos pisos em mosaico português nas áreas externas do museu, e também já foi instalados escadas rolantes ligando a área nova sendo construída e o Palácio.

    O projeto dobrará a área total construída e contará com uma modernização para deixar o público à vontade na hora de reviver a história do nosso país. O custo das obras de restauração e construção de novas áreas é de R$ 211 milhões.


    SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas