Mulheres são as que mais sofrem com a Osteoporose, doença que deixa os ossos mais frágeis

0
116

O dia 20 de outubro é a Data Mundial de Prevenção contra a Osteoporose, doença que atinge cerca de 10 milhões de brasileiros


Cerca de 10 milhões de brasileiros sofrem com a osteoporose, segundo a Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo (Abrasso). O dia 20 de outubro é a Data Mundial de Prevenção contra a doença e principal dia de alerta sobre os cuidados no tratamento.

A osteoporose é uma doença caracterizada pela fragilidade dos ossos, por isso, o público mais propenso em ter a doença são as mulheres, que tem ossos geometricamente menores que os homens. As mulheres também são mais vulneráveis por causa dos hormônios: a cada 10 pacientes nove são mulheres e, a maioria, sofre com a menopausa.

A doença não tem cura, mas tem tratamento: remédios que fortalecem os ossos; exposição ao sol; prática de exercícios físicos e alimentação rica em vitamina D, cálcio e proteína. Os médicos indicam que as mulheres devem realizar o exame de densitometria óssea, que detecta a doença, a partir dos 50 anos e os homens, a partir dos 65.

“Se descoberta no início, a osteoporose tem tratamento que reduz em 90% o risco de fratura das vértebras e em 54% nos outros ossos. Daí a importância dos exames preventivos. É uma doença silenciosa que, se não tratada, evolui para fraturas, sendo a do quadril a mais temida, pois 20% a 30% dos casos levam à morte em até um ano. Esses números são maiores que a mortalidade por câncer de mama”, ressalta o reumatologista Charlles Heldan, presidente da Abrasso.

Além das mulheres, o grupo de maior risco são os fumantes; idosos; pessoas que ingerem bebidas alcoólicas, que utilizam corticoides; quem sofre de artrite, tem baixo peso; ou pessoas que tem na família parentes, de primeiro grau, que sofrem com a osteoporose.

Neste domingo (20), médicos associados da Abrasso oferecem, gratuitamente, teste de calcâneo (avaliação da massa óssea por meio de uma ultrassonometria do calcanhar) e FRAX (Ferramenta de Avaliação de Risco de Fratura), em passageiros que estiverem na Estação Paraíso, na Linha 2-Verde do Metrô. O atendimento acontece das 9h às 14h.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.