Mapeamento revela que Zona Sul concentra mais hotéis, que podem acomodar profissionais da saúde durante a pandemia

0
94

O “Mapeamento de Meios de Hospedagem Próximos a Hospitais na cidade de São Paulo”, foi feito para ajudar o poder público a viabilizar a hospedagem aos profissionais de saúde que preferem evitar contato com a família durante a pandemia do coronavírus


De acordo com um levantamento do Senac São Paulo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-SP), a Zona Sul da capital paulista possui quase 30% da oferta total de hotéis da cidade. “Foram localizados 79 hotéis, com aproximadamente 9.500 apartamentos. Destes 79 hotéis, 25 são padrão 4 estrelas e possuem juntos, quase 3.700 apartamentos. Os bairros com maior concentração de hotéis são os Jardins, Vila Mariana, Moema e Brooklin/Berrini”, afirmam.

O “Mapeamento de Meios de Hospedagem Próximos a Hospitais na cidade de São Paulo”, feito pelo Senac SP e ABIH-SP, tem por objetivo “identificar a oferta hoteleira próxima a hospitais públicos para que o poder público possa analisar a melhor forma de viabilizar a hospedagem aos profissionais de saúde que atuam nas instituições”.

No dia 30 de abril, a Prefeitura de São Paulo sancionou uma lei que permite a gestão municipal a disponibilizar vagas em hotéis da cidade para profissionais da saúde, evitando a transmissão do coronavírus para suas famílias; e também para pessoas em situação de rua e mulheres vítimas de violência. Desde o início da pandemia, mais de 1.000 profissionais da saúde se contaminaram com a doença.

Apesar dessa lei assinada pela Prefeitura, alguns profissionais estão pagando as diárias do próprio bolso. “Eles já saíram das suas casas, estão pagando hotel, alugando pequenos quartos pra ficarem isolados. Então isso já está acontecendo por iniciativa dos próprios trabalhadores”, disse Lourdes Estevão, secretária do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsep).

Perguntada sobre a Lei 17.340/2020, a Prefeitura não respondeu se já iniciou meios para disponibilizar vagas nos hotéis da cidade para profissionais da saúde e como estes profissionais podem conseguir estadia nestes locais.


FALE COM A REDAÇÃO: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.