Mais de 2 mil pessoas se reúnem no Ibirapuera para “doar ar” em alerta as doenças respiratórias

0
153

Ação faz parte da Campanha RespirAção, que visa conscientizar a população sobre o impacto da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) e Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI)


No último final de semana, mais de duas mil pessoas estiveram no Parque Ibirapuera para participar da abertura da Campanha RespirAção.

Para conscientizar a população sobre o impacto da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) e Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI), foram oferecidas atividades gratuitas de yoga, pilates e alongamento. Os participantes também participaram de um circuito com bicicletas estacionárias que, a cada km percorrido, “doava ar” para encher um balão inflável de quatro metros de altura.

O projeto é itinerante e no próximo mês desembarca em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Depois, volta para São Paulo no dia 10 de outubro, quando encerra-se a campanha no Parque Ibirapuera.

A “doação de ar”, que acontece nas três edições da campanha, vai encher um pulmão inflável gigante, de oito metros de altura, que ficará exposto e iluminado em frente ao portão 10 do Ibirapuera, na Avenida Pedro Álvares Cabral.

A campanha pretende ensinar a população que falta de ar não é normal e que é necessário buscar ajuda médica quando há indícios de doença respiratória.

Segundo a campanha, sintomas como falta de ar e tosse crônica geram um impacto negativo nos doentes e podem ser sinais de doenças como a Doença Pulmonar Respiratória Crônica – DPOC (popularmente conhecida como enfisema pulmonar ou bronquite crônica) e a Fibrose Pulmonar Idiopática.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.