Ibirapuera fecha quadras esportivas e parquinhos infantis

0
30

Após reabertura do parque aos finais de semana, administradora do parque faria agendamento para uso de equipamentos, mas vai fechá-los de novo devido à alta procura. No primeiro final de semana de reabertura, o Ibirapuera recebeu mais de 66 mil pessoas


Depois da Prefeitura autorizar a reabertura dos parques municipais também aos finais de semana, o uso de quadras esportivas e parquinhos infantis no Ibirapuera foi cancelado pela empresa Urbia Gestão de Parques, que faz parte da Construcap, nova administradora do parque.

Por 35 anos, a empresa privada vai administrar também os parques Jacintho Alberto, Eucaliptos, Tenente Brigadeiro Faria Lima, Lajeado e Jardim Felicidade.

Ao liberar os parques aos finais de semana e feriados, a Prefeitura não esclareceu se quadras esportivas e parquinhos infantis poderiam ser usados pela população, já que esses equipamentos de uso comum podem acarretar no contágio pela Covid-19.

A gestão municipal apenas afirmou que “recomenda que não sejam utilizados os parquinhos infantis e equipamentos de ginástica, e que os frequentadores evitem a prática de atividades em grupo e que possam causar aglomerações no interior dos parques municipais”. Nos parques estaduais, esses equipamentos permanecem interditados.

A Urbia Gestão de Parques iniciou um agendamento prévio para uso desses espaços, mas cancelou a ideia por causa da alta procura. No Ibirapuera, foram instalados cartazes nas quadras, informando sobre o agendamento prévio. Porém, no último final de semana, quadras esportivas e parquinhos infantis foram utilizados por livre demanda.

De acordo com a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, mais de 174 mil pessoas visitaram os 108 parques municipais no último final de semana (31 e 1º) e também no feriado (2). Este foi o primeiro final de semana de reabertura, após a liberação da Prefeitura que havia autorizado o uso dos parques apenas de segunda a sexta-feira, em julho.

Neste primeiro final de semana, então, os parques mais visitados foram:

  • Ibirapuera – 66.525 pessoas
  • Independência – 20.649 pessoas
  • Aclimação – 11.967 pessoas
  • Luz – 9.046 pessoas
  • Carmo – 8.020 pessoas

Além disso, a partir de amanhã (5), quem for ao Ibirapuera de carro vai pagar mais caro pelo uso do estacionamento. Antes da concessão, o local era administrado pela CET e as 1.800 vagas eram pagas no sistema da Zona Azul, por R$ 5 durante duas horas. Agora, com a administração da iniciativa privada, cada vaga custa R$ 10 pela diária de segunda a sexta-feira e R$ 12 aos finais de semana e feriados.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.