Grupo cria app que mapeia polos de doações de alimentos

0
161

Com o aplicativo criado pela “Rede de Apoio Humanitário nas e das Periferias”, pessoas em situação de vulnerabilidade podem encontrar locais de doações de alimentos e itens de higiene que estão mais próximos das suas casas. O mapa tem mais de 70 endereços, alguns na Zona Sul, como nos bairros do Capão Redondo, Grajaú, Jardim São Luís e M’Boi Mirim


Para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade a conseguirem cestas básicas e produtos de higiene durante a pandemia, a Rede de Apoio Humanitário nas e das Periferias (RAH) teve uma ideia: criar um aplicativo que mapeia os locais de doação para que as pessoas tenham facilidade em conseguir produtos de necessidade básica.

“O coronavírus evidenciou ainda mais as desigualdades sociais, no entanto, também mostrou que os moradores das periferias sempre se mobilizaram para se ajudar, já que as políticas públicas não chegam nas nossas casas”, disse Lucas Antonio, integrante da RAH.

São mais de 70 endereços espalhados por toda a cidade de São Paulo e até pelo litoral: os locais de doações, chamados de polos, são de associações, igrejas, ONGs e coletivos culturais das periferias. “O objetivo central é aproximar o doador do polo que fica mais próximo ou no mesmo território em que ele está inserido. Essa interlocução entre a iniciativa comunitária com o doador fortalece o comunitarismo da quebrada”, explica Jesus dos Santos, membro da RAH.

Na Zona Sul há polos de doações nos seguintes bairros: Capão Redondo, Chácara Flora, Cidade Ademar, Grajaú, Guarapiranga, Interlagos, Jardim Apurá, Jardim São Luís, M’Boi Mirim, Parelheiros, Santo Amaro e Valo Velho.

No app é possível ver o polo mais próximo; o mapa com todas as instituições cadastradas e seus respectivos contatos (telefone, endereço); e dá para fazer doações em dinheiro para a conta bancária da Rede de Apoio Humanitário nas e das Periferias que compra alimentos e produtos de higiene para alguns polos. Recentemente a RAH realizou uma campanha de doações e conseguiu mais de R$ 32 mil para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade.

O aplicativo está disponível apenas em celulares com sistema Android através do link:  https://play.google.com/store/apps/details?id=br.ong.rah

Também é possível descobrir os polos de doações através do mapa: https://cutt.ly/za2ehkp

MONITOR DAS DOAÇÕES

De acordo com a plataforma Monitor das Doações, da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), cerca de R$ 6 bilhões já foram doados por causa da pandemia. Este valor veio de 464.281 doadores.

Cerca de 78% das doações foram destinadas para a área da Saúde, 17% para Assistência Social e 5% para a Educação, sendo que 58% das doações são feitas em dinheiro.

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.