Governo propõe conceder Ginásio do Ibirapuera para a iniciativa privada

0
67

Com a concessão, Ginásio teria capacidade para 20 mil pessoas e posicionamento global em eventos esportivos

 

A Assembleia Legislativa de São Paulo recebeu do governador João Doria, a proposta de um projeto de lei autorizando a concessão, à iniciativa privada, do Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, que inclui o Ginásio do Ibirapuera, o Estádio Ícaro de Castro Mello, o Conjunto Aquático Caio Pompeu de Toledo, o Ginásio Poliesportivo Mauro Pinheiro e o Palácio do Judô.
Com a aprovação dos deputados da Alesp, o Governo de SP poderá iniciar a concessão, que deve entregar o Ginásio, por 35 anos, para uma empresa privada.
A justificativa da proposta é que o Ginásio tem capacidade para 10 mil pessoas e a cidade precisa de um espaço multiuso, estilo arena coberta, para eventos de cultura e esporte que recebam, pelo menos, 20 mil pessoas. Segundo o governador, a modernização vai fazer com que “São Paulo possa se posicionar globalmente em relação a outros destinos quanto a eventos esportivos, de lazer e de entretenimento”.
Segundo a gestão Doria, o custo de manutenção do Conjunto, por ano, é R$ 18 milhões, enquanto a arrecadação é de, aproximadamente, R$ 2,5 milhões.
Como já é costume nas concessões propostas pelo Estado e Prefeitura, o concessionário terá que modernizar o prédio e os equipamentos do local, e não poderá cobrar ingressos para que a população participe das atividades esportivas que acontecem no local. O novo “dono” também poderá fazer uso comercial do local, implantando lojas e espaços de alimentação.
Em 2017, um chamamento público foi feito pelo então governador Geraldo Alckmin, para transformar o Ginásio do Ibirapuera em um Madison Square Garden, de Nova York, com poltronas de cinema e ar condicionado. As mudanças, no entanto, reduziriam a capacidade de pessoas de 10 mil para 7 mil.
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.