Governo de SP aumenta horário de funcionamento do comércio a partir de 1º de junho

0
4

Apesar de dizer que o avanço é cauteloso, o próprio governo estadual admite que nos próximos dias pode acontecer um aumento nos casos de internações e mortes por Covid-19. Dados do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios paulistas mostram que houve um crescimento de 79% para 85% nas internações em UTIs nos últimos dias


A partir do dia 1º de junho, o Estado de São Paulo inicia nova flexibilização do Plano SP, que determina os horários que os estabelecimentos não essenciais podem funcionar, de acordo com os dados de casos e mortes por Covid-19.

Em 1º de junho, então, está permitido que o comércio funcione das 6h às 22h, com 60% da capacidade. Atualmente, o comércio pode funcionar até às 21h com 40% do público.

“Estamos avançando, mas com cautela, com prudência e recomendando às pessoas que continuem a usar máscara, a fazer distanciamento social, a fazer uso de álcool em gel e a lavar as mãos com frequência”, disse o governador João Doria.

Apesar de dizer que o avanço é cauteloso, o próprio governo estadual admite que nos próximos dias pode acontecer um aumento nos casos de internações e mortes por Covid-19.

Dados do SindHosp (Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios paulistas) mostram que houve um crescimento de 79% para 85% nas internações em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), nos últimos dias.

De acordo com o Governo de SP, o Estado registra taxa de 79% nas UTIs e a Grande São Paulo, 76,9%.

“Os dados que temos para as próximas semanas [mostram que] vamos viver uma estabilidade e um possível aumento desses números”, afirmou João Gabbardo, coordenador executivo do Centro de Contingência.

O Governo também anunciou que fará um programa de testagem, em pessoas sintomáticas, usando um novo modelo de teste antígeno. “Toda a frente de testagem e monitoramento da transmissão vai incluir essa estratégia de distribuição de testes rápidos para prefeituras e metas de testagem. E os municípios deverão ter a estratégia de monitoramento de contatos atualizada e a testagem em ambientes privados. Teremos reunião com o Governador no início da semana que vem para que possamos lançar oficialmente essa nova etapa”, informou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.