Fios de postes de avenidas da Zona Sul devem ser reorganizados até maio, exige Procon-SP

1
405

Postes das avenidas 23 de Maio e Pedro Álvares Cabral, ambas próximas ao Parque Ibirapuera, estão inclusos na reorganização. As empresas que descumprirem o prazo serão multadas em até R$ 10 milhões, cada uma


Até o dia 14 de maio, as empresas de telecomunicações devem reorganizar seus fios conectados em 1.900 postes do centro expandido da capital. Essa reorganização inclui poste de duas avenidas da Zona Sul: 23 de Maio e Pedro Álvares Cabral, ambas próximas ao Parque Ibirapuera.

As empresas que descumprirem o prazo serão multadas em até R$ 10 milhões, cada uma. Em outubro de 2019 o Procon-SP teve uma reunião com as empresas para conseguir um acordo sobre a questão.

A reorganização, aliás, já está atrasada: o centro expandido foi dividido em 12 lotes e a conclusão do primeiro deles deveria ter acontecido em dezembro. Foi adiada então para o início de fevereiro e, novamente adiada para maio.

É este primeiro lote que compreende os postes das avenidas 23 de Maio e Pedro Álvares Cabral e outras vias do bairro do Paraíso. O segundo lote, com 1.667 postes, deve ficar pronto em junho. O Procon estima que, se os prazos forem respeitados, até 2021, todos os postes do centro expandido terão seus fios organizados.

A cobrança do Procon vem acontecendo porque a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), determina que as empresas de telecomunicações utilizem uma faixa de 50 cm na rede aérea e que os cabos de energia estejam a 60 cm de distância dos cabos de telecomunicação.

A TelComp (Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas) informou que suas associadas estão tomando providências para atender às especificações.

Ao justificar o atraso na reorganização dos fios, João Moura, presidente executivo da TelComp, disse que as chuvas atrapalharam o andamento dos serviços, que são complexos. “A prioridade maior é garantir a segurança e não interrupção dos serviços. Os trabalhos foram concluídos em data muito próxima ao que foi proposto como objetivo”, disse.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

1 COMENTÁRIO

  1. As empresas de telefonia e a ENEL precisam investir mais em infra estrutura e modernizar essa infra estrutura. Tecnologia existe hoje em dia para evitar esse tipo de situação e a prefeitura tem fiscalizar e exigir qualidade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.