Famílias esperam por moradia há quase 10 anos na Zona Sul

0
5

Para a construção do monotrilho da Linha 17-Ouro, 120 famílias foram desapropriadas de um terreno no Campo Belo e, quase 10 anos depois, o conjunto habitacional ainda não foi construído. Por outro lado, o monotrilho também não foi entregue e já custa R$ 4 bilhões


Faz quase 10 anos que mais de 100 famílias que moravam na Zona Sul esperam pela casa própria prometida pelo Governo do Estado. Para piorar a situação: essas famílias foram retiradas das favelas Buraco Quente e do Comando para que no local fosse construído parte do Monotrilho da Linha 17-Ouro, obra prometida para 2014 e que até hoje não foi entregue à população.

“Eu só quero que me devolvam a minha moradia, eles têm que me dar minha moradia, antes de eu morrer eu quero a minha moradia. Isso tá errado, quer dizer que a moradia era pra mim e vai ser pros meus bisnetos?”, pede Euzina do Rosário, ex-moradora da favela.

O terreno de três mil m², onde espera-se que seja construído o conjunto habitacional, fica às margens da Av. Washington Luís, no Campo Belo. Em um outro terreno, ao lado, a Prefeitura de SP já levantou outro conjunto habitacional reservado para famílias da Favela do Piolho, afetadas por um incêndio em 2012, mas que também ainda não moram no local.

Quando foram retiradas do terreno, as famílias das favelas Buraco Quente e do Comando receberam duas opções: ganhar uma indenização ou receber auxílio aluguel até a entrega do conjunto habitacional.

“E quando atrasam o auxílio da gente? O dono da casa não quer saber, ele quer receber no dia. A gente fica na incerteza”, reclama a moradora Fabiana Silva.

A CDHU contestou e disse que não houve nenhum atraso no auxílio-aluguel. Em relação ao conjunto habitacional, informou que assumiu a posse do terreno apenas em março de 2020 e que, desde então, uma empresa foi contratada e já fez um projeto de construção. Porém, viram que esse projeto precisaria de adaptações para atender as 120 famílias. O prazo é que as famílias sejam atendidas até o final de 2022.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.