Dra. Débora Castro defende PL 255/2021 em prol de mulheres vítimas de agressão

0
1486

Tecnologia de rastreamento vira aliada na luta contra violência e feminicídio


Dra. Débora Castro participou da audiência pública sobre o PL 255/2021, criado pelo Deputado Nascimento, em prol das mulheres vítimas agressão, na quarta-feira (04), e defendeu o uso de tornozeleiras eletrônicas para os agressores. Além disso, acredita que é de suma importância que as vítimas contenham uma Unidade Portátil de Rastreamento (UPR), um dispositivo que alerta caso ele se aproxime, a vítima chamar a polícia.

“A importância deste projeto é devido ao aumento dos casos de violência contra a mulher e o feminicídio. A mulher é o pilar da sociedade, os dados sobre as vítimas de violência doméstica são alarmantes, além disso, muitas sofrem em silêncio. É meu dever como advogada, mulher e ser humano garantir a dignidade das vítimas”, diz Dra. Débora.

Tornozeleiras eletrônicas são regulamentadas no Código Penal brasileiro e utilizadas para monitorar presos em regime aberto e semiaberto, rastreando o criminoso 24 horas por dia. Assim, as autoridades são avisadas caso quem esteja cumprindo a pena ultrapasse o limite de deslocamento. Somado a isto, a posse de uma UPR avisa sobre a aproximação do criminoso – no caso o agressor – deixando mulheres mais seguras e protegidas pela polícia se desejarem acionar.

Dra. Débora Castro em audiência pública com a Procuradora Gabriela Borges e o Deputado Nascimento


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.