Criminosos explodem caixas eletrônicos e incendeiam ônibus na Zona Sul, pela 3ª vez em três semanas

0
2

Desta vez, o caso aconteceu no bairro Colônia, em Parelheiros: uma quadrilha explodiu um caixa eletrônico de um supermercado e incendiou um ônibus para atrasar a ação da Polícia. Este já é o terceiro caso semelhante, sendo que todos aconteceram no extremo Sul da capital paulista


Na manhã desta segunda-feira (7), uma quadrilha explodiu um caixa eletrônico de um supermercado do bairro Colônia, em Parelheiros.

Na fuga, um ônibus foi incendiado na Avenida das Palmeiras, para dificultar a ação da Polícia em busca dos criminosos. Ninguém foi preso.

“Eles encontram as vias de maior fluxo e tentam cercear essas vias com caminhões, carros, ônibus queimados. E, aquela região muito específica da Zona Sul, a Estrada da Colônia é uma via praticamente de mão única, é um dos caminhos principais, senão o único que traz o batalhão mais próximo até esse local onde foi feita a explosão do caixa eletrônico dentro do supermercado”, afirmou o capitão da PM Luiz Souza.

Em três semanas, este é o 3º caso de explosão de caixa eletrônico + incêndio de ônibus:

  • no dia 2 de junho, dois ônibus foram roubados para interditar ruas do Grajaú numa tentativa de assalto a um comércio da região.
  • no dia 20 de maio, cerca de 15 criminosos assaltaram caixas eletrônicos de um supermercado na Rua Rubens de Oliveira, no Parque Residencial Cocaia, região do Grajaú. Os criminosos quebraram os caixas eletrônicos, roubaram todo o dinheiro e fugiram. Ninguém foi preso. Para atrasar a ação da Polícia, a quadrilha incendiou dois ônibus e bloquearam a Rua Rubens de Oliveira.

“Essas três ocorrências no mesmo local muito provavelmente são de uma quadrilha única ou então com quadrilhas que tem contato entre si que trocam informações criminosas”, disse o PM Luiz Souza.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.