18.8 C
São Paulo
quinta-feira, 26 maio, 2022
Mais

    Crime ambiental: homem depreda árvore em área residencial do Campo Belo

    Mais lidas

    Corte e depredação de árvores sem autorização do poder público são considerados crimes ambientais previstos pela Lei 9.605/98 e pelo Código Penal


    Após a retirada de uma árvore localizada na rua Demóstenes no bairro Campo Belo pela prefeitura, a cerca de um ano e meio, que estava causando danos à calçada, foi posto no lugar um pequeno Ipê que seguia crescendo normalmente na rua e com a calçada em volta reformada.

    No entanto, um homem que frequentemente passa pela mesma rua vai ao local e violentamente arranca seus galhos com as próprias mãos, impedindo seu crescimento saudável. Não se tem muitas informações sobre sua identidade e qual o motivo, mas o fato é que se trata de uma infração, se enquadrando em depredação de patrimônio público e crime ambiental.

    Como crime de depredação de patrimônio público, previsto no Código Penal, a pena prevista é de um a seis meses de detenção.

    De acordo com o artigo 49 da Lei 9.605/98, é considerado crime ambiental “destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de logradouros públicos ou em propriedade privada alheia”. A pena prevista para esse tipo de infração é de três meses a um ano, sendo sujeito a multa. No caso de crime culposo, a pena é de um a seis meses.

    Árvores urbanas são importantes para diminuir ilhas de calor e a absorção de carbono emitido pelos veículos, além disso são fundamentais para a ornamentação de ruas e avenidas. Também permitem o aumento da umidade do ar e contribuem para a sensação de conforto térmico.

    Se ver casos como este, denuncie ao Disque Ambiente pelo telefone 0800 11 3560.


    SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

    - Patrocinado -

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas