Corte de árvore centenária causa indignação entre moradores do Alto da Boa Vista

0
3

A solicitação para o corte de uma árvore da espécie Araucaria bidwillii foi feita por moradores de um condomínio da Rua São Benedito que alegam falta de segurança. Para surpresa da população, a Prefeitura autorizou o corte da árvore que tem cerca de 100 anos


Nesta semana, moradores do Alto da Boa Vista, bairro de Santo Amaro, ficaram indignados com a autorização que a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente deu a um condomínio na Rua São Benedito para o corte de uma árvore da espécie Araucaria bidwillii (pinheiro), que há cerca de 100 anos está plantado no local.

Na ficha técnica do processo, a justificativa é de “comprováveis danos permanentes ao patrimônio”, alegando que a árvore afeta a segurança dos condôminos, já que pinhas e galhos pesados caem constantemente no chão.

“Não posso acreditar na falta de consciência, moral e ética destes moradores, em um bairro super seleto com moradores de classe média/alta, prestigiado justamente pela quantidade de árvores da região! E pior ainda, imaginar que esse corte foi aprovado”, reclama uma moradora em uma rede social.

A Prefeitura, no entanto, dá razão aos moradores do condomínio e afirma que, como o condomínio seguiu os trâmites legais de contratar um engenheiro agrônomo para analisar o caso, a autorização de corte é concedida, mediante plantio de outra árvore em 30 dias.

“A autorização para a remoção da árvore mencionada foi emitida, em caráter excepcional, mediante plantio de nova muda no local, já que a espécie está causando danos ao patrimônio.  A árvore está localizada em área particular pertencente a um condomínio. No processo aberto para a solicitação da remoção, foi apresentado o laudo técnico do engenheiro contratado particularmente. Os trâmites legais para a autorização foram seguidos”, informou a gestão municipal.

Em 30 dias, portanto, a Subprefeitura Santo Amaro precisa fiscalizar o local para ver se uma nova árvore foi plantada em substituição ao pinheiro de 100 anos que foi cortado.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.