Confira as mudanças para a aposentadoria no INSS a partir de 2024

0
234

Reforma da Previdência deixou o sonho pela aposentadoria um pouco mais difícil, veja o que mudou


A aposentadoria vem se tornando cada vez mais uma pedra no sapato na vida dos brasileiros. Os trabalhadores que almejarem se aposentar a partir de 2024 deverão se atentar às novas normas estabelecidas pela atual Reforma da Previdência, que desta vez tem um impacto considerável para aqueles que almejam a tão sonhada aposentadoria.

Confira a seguir, algumas destas mudanças estabelecidas, para compreender melhor o que aconteceu na Reforma da Previdência.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) implementou ajustes nas leis previdenciárias. A aposentadoria por idade requer uma combinação de idade mínima e tempo de contribuição ao INSS. Homens devem ter 65 anos, enquanto mulheres precisam de 62 anos, ambos com pelo menos 15 anos de contribuição.

Já a aposentadoria por pontos exige que os segurados alcancem uma pontuação determinada pela combinação de idade e tempo de contribuição. Agora, os homens precisam de 101 pontos, enquanto mulheres, 91 pontos. A regra de pontuação soma a idade com o tempo de contribuição do segurado, onde o valor final será a quantidade de pontos. Por exemplo, se uma mulher de 61 anos completar 30 anos de contribuição, soma os 91 pontos.

Com a aposentadoria por tempo de contribuição também houve alteração. Homens deverão ter 63 anos e 6 meses, com 35 anos de contribuição, enquanto mulheres precisarão de 58 anos e 6 meses, somando 30 anos de contribuição.

A aposentadoria, uma fase tão aguardada e merecida, é alvo de transformações que merecem ser compreendidas e valorizadas. Afinal, o impacto dessas mudanças não se restringe apenas aos números e cálculos, mas reverbera na qualidade de vida dos aposentados, moldando o panorama de como desfrutaremos da chamada “melhor idade”.

Diante dessas transformações, torna-se imperativo que cada cidadão compreenda as nuances da reforma da previdência em 2024. Ao fazer isso, contribuímos não apenas para nosso próprio futuro, mas também para a construção de uma sociedade mais justa e equitativa, onde a terceira idade possa desfrutar plenamente dos anos de merecido descanso. A atenção a essas mudanças é, sem dúvida, um investimento no bem-estar de todos os brasileiros.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.