Comitê da Câmara dos Vereadores faz vistoria em áreas de desmatamento na Zona Sul

1
562

Foram vistoriados lotes clandestinos e áreas de Mata Atlântica derrubadas em Parelheiros e no Grajaú 

 

No dia 13 de junho, parlamentares e membros do Comitê de Chuvas e Enchentes da Câmara dos Vereadores de São Paulo, com o apoio da Guarda Civil Metropolitana Ambiental, estiveram na Zona Sul para inspecionar áreas de desmatamento nos distritos de Parelheiros e Grajaú.
No primeiro local visitado, em Parelheiros, a equipe encontrou uma vasta região de Mata Atlântica que foi derrubada e queimada por pessoas que vendem lotes clandestinos.
“Aqui é uma das 45 áreas que estão registradas por nós de desmatamento criminoso, loteamento clandestino. Na verdade, Parelheiros é área de preservação de mananciais, abastece a Represa do Guarapiranga, que fornece água pra 5 milhões de pessoas. Quer dizer, desmatou aqui, a consequência é: faltar água, a represa sofrer e as pessoas não terem água pra beber”, disse o vereador e presidente do Comitê de Chuvas e Enchentes da Câmara, Gilberto Natalini (PV).
Um segundo lote vistoriado já estava ocupado com plantio de milho e dois homens que estavam no local informaram que o terreno foi comprado por R$ 35 mil e que só possuem um contrato de compra e venda. “Incrível o jeito que eles fazem né: deixam a mata no entorno pra que ninguém possa ver. E a gente só conseguiu descobrir porque o vereador Natalini pegou fotos aéreas e aí a gente vê essa clareira”, explicou o vereador Gilberto Nascimento Jr. (PSC).
No Grajaú, o Comitê encontrou uma enorme clareira aberta com o uso de máquinas. “A Guarda Ambiental tem um trabalho forte aqui na região. Neste local foram duas ocorrências nos últimos dias, onde alguns elementos foram detidos portando motoserra no ato de crime ambiental”, afirmou o inspetor da GCM ambiental, Jairo Chabaribery Filho.
“Vamos pedir para a Câmara de São Paulo o protagonismo de defender as matas remanescentes de São Paulo”, disse o vereador Natalini, que entregou um ofício da ação para o prefeito Bruno Covas e para o governador João Doria.

 

__
FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]
- Patrocinado -

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.