Com estoque crítico de plaquetas e sangue, A.C. Camargo Cancer Center pede por doações

0
781

Pacientes oncológicos sofrem redução do nível de plaquetas no sangue e demandam transfusões com frequência


O banco de sangue e plaquetas do A.C. Camargo Cancer Center está em estado crítico e pede atenção e mobilização dos doadores. As principais demandas são de plaquetas, e dos tipos A negativo e O negativo.

A instituição pede por doações com urgência, pois os pacientes com câncer sofrem redução do nível de plaquetas no sangue em decorrência do tratamento oncológico e do próprio diagnóstico. Cerca de 60% das transfusões realizadas no A.C. Camargo Cancer Center são de plaquetas.
“Podemos dizer que o paciente oncológico é um grande ‘consumidor’ de plaquetas e, por isso, é tão importante manter nossos estoques de sangue constantes”, explica a Dra. Marta Lemos, médica responsável pelo Banco de Sangue da instituição.

Além disso, o estoque de sangue também é essencial porque a quimioterapia/radioterapia pode levar à queda da produção do próprio sangue e a necessidade de transfusão é recorrente.

Com protocolo de segurança contra a COVID-19 ainda em vigor, o banco de sangue conta com fluxo protegido e alocação fora do ambiente hospitalar. Os doadores podem comparecer sem agendar, mas para aumentar a agilidade de atendimento, a orientação é fazer o agendamento pelo site 

A.C.Camargo Cancer Center , chat ou por telefone no (11) 2189-5000 (Opção 5).

Os pré-requisitos para doação de plaquetas são semelhantes aos de uma doação de sangue. Podem doar interessados que tenham de 18 a 65 anos — menores, com 16 e 17 anos, podem doar acompanhados do responsável legal e consentimento formal por escrito – com 60 quilos ou mais, e sem nenhuma doença crônica.
Cada pessoa doa de uma vez, no máximo, 470 ml de sangue que pode salvar a vida de até quatro pacientes. O procedimento leva cerca de 40 minutos e em menos de 24 horas, o organismo já consegue repor a quantidade que foi retirada.

Os doadores que tomaram vacina contra COVID-19 da Astrazenica/ Fiocruz, Pfizer e Janssen devem aguardar 7 dias após a data da imunização para realizar a doação. Já quem tomou o imunizante da Sinovac/ Butantan deve aguardar 48 horas.

Quem testou positivo para Covid deve aguardar 10 dias após término dos sintomas para doar e aos que tiveram contato com casos positivos, a doação pode ser feita após 15 dias do contato e apenas se não apresentar nenhum sintoma.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.