Coletivo de capoeira realiza jogos inclusivos infantis em Santo Amaro

0
144

Participaram crianças e adolescentes de 4 a 16 anos com e sem necessidades especiais


Aconteceu no último domingo (17), o ‘1º Jogos Inclusivos Infantis ‘Bate Palma Pra Eles”, com o tema ‘Não é sobre competição é sobre inclusão’, do coletivo Mulheres da Garoa, no Clube Joerg Bruder, Av. Padre José Maria, s/n – Santo Amaro.
Esta foi a primeira edição de um campeonato de Capoeira onde crianças com e sem deficiência interagiram em prol da inclusão. Com muita comemoração e torcida, a emoção tomou conta de pais, árbitros, treinadores e participantes.
Participaram crianças e adolescentes de 4 a 16 anos, com e sem necessidades especiais, mostrando que a Capoeira serve como instrumento de inclusão na sua essência. “A Capoeira é um método educacional e poder ser aplicado como método pedagógico pois nela se estuda e se passa a história de nosso país e descendentes. Na aula prática se passam exercícios como fortalecimento corporal com alongamento, flexões e autoestima na inclusão. A Capoeira tem o potencial de reabilitação e constrói uma nova esperança para pessoas com deficiência, mostrando e passando movimentos como a ginga, coordenação motora na música e no vocal”, explica o Mestre Sidnei.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.