CIESP Distrital Sul inaugura nova sede em Santo Amaro

0
654

Durante a inauguração, foi realizado o encontro “Diálogo pelo Brasil”, que teve a presença de Paulo Skaf, presidente da FIESP e CIESP, e discutiu a Reforma da Previdência e a Reforma Tributária

Por: Alexandre Maretti


No dia 13 de agosto foi inaugurada a nova sede do CIESP Distrital Sul em Santo Amaro, uma das mais importantes instituições na defesa da indústria no Brasil.

Representantes de entidades da Zona Sul participaram da inauguração da nova sede do CIESP Distrital Sul

Para a inauguração, foi realizado o encontro “Diálogo pelo Brasil”, que teve a presença de Paulo Skaf, presidente da FIESP e CIESP; do Bispo Dom Fernando Antônio Figueiredo; do Cel. Marcos-CPA/M-10; da Comandante da Guarda Civil de São Paulo, Elza Paulina Souza; do Superintendente da Associação Comercial de Santo Amaro, Antônio Sousa; da Presidente da AEMB, Marcia Djanikian e de Leonardo Ugolini, Diretor Titular do CIESP Distrital Sul.

Paulo Skaf realizou uma palestra sobre o Brasil e deixou claro seu apoio às reformas da Previdência e Tributária, e que a aprovação será uma salvação nacional. “A Reforma da Previdência é importantíssima. Não resolve todos os problemas, mas ameniza. A Reforma Tributária tem quatro projetos: um na Câmara, um no Senado, um projeto com o governo e um projeto dos governadores. Através da Secretaria da Fazenda, esses projetos tendem a se encontrar em um campo em comum, como acontece com a Reforma da Previdência, trazendo o diálogo entre a Câmara e o Senado, pra buscar o interesse do Brasil, o que é possível politicamente, empresarialmente e publicamente. Dessa Reforma Tributária, poderá simplificar os impostos federais, unir um grupo de impostos federais em um único imposto”, explicou.

Paulo Skaf, presidente da FIESP e CIESP, e Leonardo Ugolini, diretor do CIESP Distrital Sul

Skaf ressalta que é preciso cuidado com as reformas e com o risco de aumento de impostos, já que os Estados precisam de arrecadações tributárias. “Os Estados estão todos quebrados, precisando de dinheiro e vão mexer com a reforma. Então, essa reforma é perigosa. Tem que ficar de olho aberto, porque se não corre o risco do aumento de impostos”, disse.

O rombo na Previdência dos Estados chegou a 101 bilhões e São Paulo supera com 24 bilhões de déficit em 2018. O total de arrecadação de impostos no país no mesmo ano foi de R$ 2,388 trilhões.

Até o momento, a arrecadação nacional já atinge 1,5 trilhão e o Estado de São Paulo chega em primeiro lugar, com 37,39% do total de arrecadação no país, sendo R$567 bilhões até o momento. Na cidade de São Paulo, a soma chega a R$ 194 bilhões.

Cidinha dos Reis, Conselheira do CIESP, afirma ser recompensador pensar na Fiesp como uma das mais importantes instituições empresariais do Estado de São Paulo. “O Brasil precisa sair da estagnação e esta sede é uma parte daquilo que faz a Fiesp: ela cuida não só das suas unidades internas, mas também pensa pra fora, no público externo, contribuindo para o crescimento do país. Parabéns ao Leonardo Ugolini por essa generosidade em abraçar Santo Amaro e toda a redondeza dentro de um espaço lindo e acolhedor que certamente trará grandes debates e eventos para que todos tenham conhecimento do quanto ela é o motor que conduz São Paulo e o Brasil”, disse Cidinha.

“Não se faz segurança com uma única instituição. Não se faz cultura, produtividade e efetividade somente com uma mão. É interesse da sociedade civil e essa parceria com a CIESP é fundamental”, defendeu a Comandante da Guarda Civil de São Paulo, Elza Paulina Souza.

O Novo CIESP Distrital Sul está localizado na Av. Adolfo Pinheiro, 1000 – Sobreloja 02. “Um espaço novo, amplo e confortável, pronto para receber os sócios e amigos”, destacou o diretor do CIESP Distrital Sul, Leonardo Ugolini.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.