CIESP convida indústrias da Zona Sul para a Jornada da Transformação Digital

0
627
Presidente do CIESP abrindo a Jornada da Transformação Digital

Jornada visa otimizar o funcionamento das empresas com mais agilidade e eficiência através da tecnologia


Na manhã da terça-feira (5), o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) realizou um debate promovendo a Jornada da Transformação Digital, voltado para otimização dos serviços de cada empresa. O encontro aconteceu na Escola Senai Suíço-Brasileira Paulo Ernesto Tolle, em Santo Amaro.

O programa envolve uma consultoria em 8 etapas: Diagnóstico: Identificação de oportunidades para melhorias nos processos de negócios; Estratégia: (Re)definir modelo de negócios; Otimização de Processos: Manufatura enxuta e eficiência energética; Mapeamento: Road map tecnológico rumo à indústria inteligente; Automação: Solução em hardware e software; Digitalização: Implantar tecnologias habilitadoras da Indústria 4.0; Integração: Realizar as integrações verticais e horizontais de cada cadeia produtiva; Indústria Inteligente: Desenvolvimento de soluções inteligentes possibilitando credibilidade e a adaptabilidade nos processos industriais.

O debate contou com Marco Reis, Diretor Titular do CIESP Sul; Domingos Cordeiro, Proprietário da 3A Alumínio; Luís Soares, Eng. da Qualidade da MWM; Ricardo Terra, Diretor Regional do SENAI-SP; Gabriela Chiste, Diretora de Negócios e Fomento da Desenvolve SP; e José Venâncio, Consultor de Negócios do SEBRAE.

Presente no evento, a secretária municipal de Desenvolvimento, Aline Cardoso, informou que “a capital paulista possui cerca de 350 mil empregos na indústria e a Prefeitura está unida ao setor para aumentar o número de empregos.”

Dentre as etapas, a de Diagnóstico é um processo importante dentro da jornada. “São trabalhados 4 aspectos: visualização de como é a gestão de negócio do ponto de vista financeiro; do ponto de vista do cliente; o que a empresa faz de prospecção de novos clientes e como são feitos os processos pela empresa e pessoas”, explicou José Venâncio.

Da esquerda para a direita: Marco Reis, Diretor Titular do CIESP Sul, Domingos Cordeiro, Proprietário da 3A Alumínio, Luís Soares, Eng. da Qualidade da MWM, Ricardo Terra, Diretor Regional do SENAI-SP, Gabriela Chiste, Diretora de Negócios e Fomento da Desencolve SP e José Venâncio, Consultor de Negócios do SEBRAE

Domingos Cordeiro estava presente para comprovar que a jornada foi um sucesso dentro da 3A Alumínio, otimizando o funcionamento da empresa de maneira mais agilizada e eficiente. “Esse projeto foi desenvolvido em 4 meses. Tínhamos uma reunião semanal com um consultor para capacitar nossa equipe em como melhorar o processo. Isso mudou a cultura da empresa e deixou a equipe mais reunida”, disse.

Já Luís Soares, da MWM, reafirmou a importância da fase 3, o mapeamento, ao qual foi um divisor de águas para a otimização de serviços internos. “Foi o grande norteador, entendemos todas as tecnologias habilitadoras que poderíamos implementar criando um grande ecossistema com os nossos fornecedores, agilizando os muitos processos que acontecem ao mesmo tempo”, explicou.

O Jornada da Transformação Digital conta também com o apoio da Desenvolve SP, Gabriela Christe estava antenada nas futuras demandas com as indústrias paulistanas. “Somos focados em prestar serviços financeiros para empresas em SP. Nossos créditos não financiam somente máquinas e equipamentos, fomentamos o capital de giro ou uma nova tecnologia também.”

Usando padarias como exemplo, ao qual 11 mil estabelecimentos fornecem pães na capital, José Venâncio dá um exemplo da consultoria: A eficiência energética pode reduzir em até 10% na conta de luz, então imagina reduzir 10% dos altos gastos energéticos das 11 mil empresas, como seria eficiente!?”

Um dos presentes no evento, Luciano Henrique possui uma empresa especializada em publicidade em táxi e veículos de aplicativo, com atuação em todo o território nacional e internacional. “Estamos buscando financiamento com o Desenvolve SP com mentoria do Sebrae para trazermos ao Brasil os luminosos Taxitop, com formato diferenciado, inovador e que vai mudar o segmento de mobilidade urbana no país. Para isso a Jornada vai nos ajudar muito na mentoria financeira desenvolvendo uma estratégia eficiente e inteligente para chegar ao mercado de maneira mais competitiva.”

O CIESP faz questão de lembrar que a Jornada da Transformação Digital é totalmente gratuito para indústrias com faturamento de até R$ 8 milhões por ano.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.