Há 50 anos | Cemitérios serão reformados

0
2109

Matéria publicada em 14 de abril de 1972


Dentro de 15 dias serão iniciadas as obras de reforma do cemitério de Santo Amaro, conforme informação do Sr. Fábio Bueno, diretor do Departamento de Cemitérios. Acrescentou que os contratos já foram assinados e os serviços custarão aos cofres municipais 300 mil cruzeiros.

Na esquina das ruas Anchieta e General Osório será construído um prédio, onde ficarão a administração, sanitários para o público, dois velórios, serão construídas também galerias de águas pluviais e as ruas internas da necrópole serão pavimentadas.

Adiantou, ainda que foi destinada uma verba de 1 mil e quinhentos cruzeiros para construção de rede de água e ossários no cemitério do Campo Grande. Quanto ao Cemitério do Jardim São Luiz, informou que já que foi declarada de utilidade pública uma área de 500 metros quadrados para a construção do campo santo.

O projeto está sendo elaborado, devendo as obras terem início no próximo ano. Por outro lado, a Prefeitura assumiu a administração do Cemitério da Colônia, que vinha funcionando irregularmente. Estão suspensos os sepultamentos até que seja verificada a situação real da necrópole. No momento, os enterros serão feitos no cemitério de Parelheiros.

Por fim, revelou o Sr. Fabio Pereira Bueno que o cemitério de Parelheiros atenderá aos sepultamentos para a faixa compreendida entre a Cidade Dutra e aquele bairro.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.