Capital paulista concentra 75,7% dos casos de sarampo do Estado de SP

0
221

Em todo o Estado houve crescimento de 36% nos casos de sarampo. A campanha de vacinação para jovens de 15 a 29 anos termina nesta sexta-feira (16)


A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo registrou um aumento de 36% nos casos de sarampo no Estado. Até o dia 6 de agosto a pasta registrou 967 casos, mas, em uma semana, o número subiu para 1319 casos confirmados. Desse total, 997 casos (75,7%) estão concentrados na capital paulista.  

Entre 10 de junho e 8 de agosto, período da campanha de vacinação, apenas 1,2 milhão de pessoas se vacinaram, total de 27% da meta de vacinação estipulada pelo Governo que pretendia vacinar 4,4 milhões de paulistas.

Jovens de 15 a 29 anos, considerado o grupo mais vulnerável, tem até amanhã (16) para tomar a vacina. Dessa faixa etária, porém, apenas 29,3% das pessoas se vacinaram até o dia 8 de agosto.

Uma campanha para vacinar bebês com idades entre seis meses e um ano foi criada pelo Governo do Estado. Essa dose extra, porém, não substitui as doses de rotina que as crianças devem tomar, conforme especificado nas carteiras de vacinação.

A vacina é considerada tríplice viral, pois, além do sarampo, também protege contra a rubéola e a caxumba. A doença é provocada por um vírus e é transmitida como acontece com a gripe: pela respiração e de pessoa para pessoa, através da tosse e secreções.

Os principais sintomas são: irritação nos olhos, corrimento no nariz, mal-estar, manchas brancas na parte interna da bochecha, tosse persistente e manchas vermelhas na pele.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.