Campanha nacional de vacinação contra o sarampo prioriza crianças de seis meses a cinco anos

0
311

A intenção do Ministério da Saúde é imunizar 2,6 milhões de crianças. No Estado de SP, mais de 6.300 pessoas já foram atingidas pelo sarampo, sendo mais de 3.700 apenas na capital, com nove mortes


A campanha de vacinação contra o sarampo voltou e, até o dia 25 de outubro, prioriza a vacinação de crianças entre seis meses e cinco anos de idade que ainda não foram imunizadas. A intenção do Ministério da Saúde é imunizar 2,6 milhões de crianças.

No Estado de SP, mais de seis mil pessoas já foram atingidas pelo sarampo, sendo mais de quatro mil apenas na capital. Já foram registrados 12 casos de mortes, sendo que a doença não atingia o Estado desde 1997.

Seguindo orientação do Ministério da Saúde, o Estado ainda disponibiliza a dose extra da vacina para bebês de seis meses a um ano de idade, a faixa etária considerada mais vulnerável, e que representa cerca de 13% do total de casos em São Paulo.

A vacina é considerada tríplice viral, pois, além do sarampo, também protege contra a rubéola e a caxumba. A doença é provocada por um vírus e transmitida como acontece com a gripe: pela respiração e de pessoa para pessoa, através da tosse e secreções.

A tríplice viral deve ser aplicada nas crianças aos 12 meses e, novamente, aos 15 meses, conforme determina o calendário nacional de vacinação.

Os principais sintomas do sarampo são: irritação nos olhos, corrimento no nariz, mal-estar, manchas brancas na parte interna da bochecha, tosse persistente e manchas vermelhas na pele.

No dia 19 de outubro será Dia D, em que os postos de saúde estarão abertos para intensificar a vacinação e alcançar o máximo de pessoas. Entre os dias 18 e 30 de novembro a campanha retorna com foco em vacinar jovens entre 20 e 29 anos.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.