Brasileiro está cada vez mais exigente na hora de comprar cuecas

0
60

A inovação e a tecnologia chegaram há tempos ao mundo da moda e estão revolucionando, inclusive, o segmento de moda íntima. Quando o assunto envolve cuecas, o conforto é a palavra de ordem. No entanto, existem outros requisitos que precisam estar associados para agradar aos consumidores brasileiros, que estão cada vez mais exigentes e buscando produtos compatíveis ao estilo de vida.

O relatório Moda Masculina, do Sebrae, divulgado no final e 2021, mostrou que os homens podem gastar cerca de 30% a mais que as mulheres na compra de peças íntimas. As lojas virtuais Comprar Cuecas e Cueca Store têm registrado aumento crescente nas vendas, graças principalmente à variedade de produtos para esse público.

Lucas Balzer, diretor do Grupo Comprar Cuecas e Cueca Store, explica que as marcas de moda íntima masculina vêm investindo muito em novas tecnologias para poder oferecer uma maior variedade de tecidos e modelagens, fugindo da antiga ideia de que todos os homens usavam o mesmo tipo de cueca. “Os consumidores estão atentos aos novos modelos de cuecas e, principalmente, aos tipos de tecidos que estão surgindo no mercado para trazer mais conforto e praticidade ao dia a dia”, comenta.

Segundo o diretor, atualmente, além das modelagens convencionais, a indústria de moda íntima masculina oferece uma gama de tipos de tecidos, com características distintas, como é o caso das cuecas com abertura, fio texturizado a ar ou modal sustentável orgânico.

MÚLTIPLAS ESCOLHAS

Lucas Balzer explica quais são as principais tecnologias em tecido e as tendências para o mercado de moda íntima em cuecas:

Micromodal sem costura (modal, poliamida e elastano): esse tipo de cueca envolve duas tecnologias, que são o tipo de tecido e a fabricação da peça para oferecer mais conforto. O micromodal é um tecido feito de fibras vegetais, além da poliamida, o que dá um toque gelado ao produto, sendo bastante confortável para as altas temperaturas. As marcas Calvin Klein e Lupo têm apresentado ótimas opções em cuecas de micromodal sem costura.

Algodão com elastano (cotton): as cuecas de cotton estão entre as mais vendidas no Brasil. No entanto, como o cotton é o resultado de uma mistura de fibras de algodão com elastano, pode não ser recomendável para pessoas com alergia às fibras sintéticas. Além disso, apesar de ser um tecido que permite que a pele respire, também retém bastante umidade, por isso não é indicado para os dias mais quentes.

100% algodão: diferentemente da opção de algodão com elastano, existem as cuecas de algodão puro. Esse tipo de produto pode ser usado, sem restrições, por pessoas que apresentam algum tipo de alergia a tecidos sintéticos.

Microfibra de poliéster: a microfibra é um tecido feito de um conjunto de fibras sintéticas de poliéster que facilitam a secagem do tecido. Essa característica faz com que esse tipo de cueca seja bastante utilizado na prática de atividades físicas ou mesmo em dias de calor, porque mantém a pele seca.

Poliamida: é outro tecido sintético que oferece grande conforto aos movimentos, além de ótima capacidade de absorção. É bastante indicado para os praticantes de atividades esportivas porque permite a transpiração da pele, sem ficar úmido, além do diferencial do toque gelado. Entre as cuecas feitas com fibras sintéticas, as de poliamida estão entre as mais procuradas pelos consumidores homens, além de ser bastante explorado na indústria têxtil graças à flexibilidade do material para se adaptar às novas tecnologias do setor.

Piquet: Uma boa opção para meses de frio e para ocasiões especiais, o piquet é um tecido feito de algodão e elastano. No entanto, diferentemente do que ocorre com o piquet usado em outras peças de roupas – como as camisas polo, por exemplo – o piquet usado na fabricação de cuecas apresenta trama diferente no fio.

Modal: O modal é um tecido de fibra natural e que apresenta ótima respiração. O grande diferencial das cuecas produzidas em modal é a leveza e a maciez das peças, que se adaptam facilmente aos contornos do corpo, funcionando como uma segunda pele. Além disso, são peças de grande durabilidade.

Tecnologia antimicrobiana: tecido com tecnologia antimicrobiana que evita a proliferação de micro-organismos presentes no suor. Além disso, ajuda a equilibrar a temperatura do corpo, com mais passagem de ar. Os modelos geralmente trazem mais tecido na frente, promovendo maior conforto. A marca Cia Man tem apostado nessa tecnologia para desenvolver cuecas e apostar nessa tendência.

Dry Fit: tecido que apresenta microfuros que facilitam a passagem do suor e ideal para esportistas ou pessoas que transpiram muito. O tecido facilita a transpiração e que o suor evapore mais rápido.

Os tecidos estão presentes em diversos modelos de cuecas e características distintas. São desde os clássicos samba-canção e sunga até as cuecas fio dental, slip, sungão, boxer, estilo ciclista, ou bermuda térmica.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.