Brasil completa um ano de luta contra a pandemia da Covid-19

0
15

Um ano com mais de 250 mil brasileiros mortos pela Covid-19, sendo que 58 mil deles eram moradores do Estado de São Paulo


Foi no dia 26 de fevereiro de 2020 que o Brasil confirmou seu primeiro caso de um brasileiro infectado pela Covid-19.
O país, então, completa um ano de enfrentamento a um dos vírus mais letais desta geração. Um ano com mais de 250 mil brasileiros mortos pela Covid-19, sendo que 58 mil deles eram moradores do Estado de São Paulo.

Dessas 250 mil vidas… quantas você conhecia?

Dessas 250 mil vidas… quantas eram parte da sua família?

Dessas 250 mil vidas… você quase entrou para esse grupo?

O primeiro caso do coronavírus no Brasil e na América Latina foi um homem de 61 anos, morador da capital paulista, que esteve na Itália entre 9 e 21 de fevereiro de 2020.

Conhecido desde 1960, o novo coronavírus foi denominado de Covid-19 porque o primeiro alerta do coronavírus para a Organização Mundial da Saúde aconteceu em 31 de dezembro de 2019. Nesse período, a cidade de Wuhan, na China, registrou vários casos de pneumonia.

A partir de março de 2020 teve início a transmissão local da doença, ou seja, pessoas que tiveram contato com alguém que esteve fora do Brasil e transmitiram por aqui. Então, começou a transmissão comunitária, considerada mais grave: pessoas transmitindo umas para as outras dentro do Estado de São Paulo.

A primeira das 250 mil mortes aconteceu na Zona Leste de São Paulo, no dia 12 de março: uma mulher de 57 anos.

De lá pra cá, o Brasil já viveu altos e baixos:

• mais de 250 mil mortes
• falta de leitos e respiradores em milhares de hospitais
• profissionais da saúde esgotados de tantas mortes
• lockdown em algumas cidades
• restrição de circulação
• estabelecimentos comerciais fechados
• escolas fechadas e aulas virtuais
• protestos de empresários que estavam à beira da falência e pediam a reabertura dos comércios
• falas, ações e aglomerações criadas pelo presidente Jair Bolsonaro que incentivaram a população a relaxar as medidas de proteção
• falta de oxigênio
• briga política a favor e contra a vacinação

Atualmente, o Brasil registra a maior média de mortes pela Covid-19: foram 1.582 óbitos nas últimas 24 horas. O dia 25 de fevereiro de 2021 foi o dia mais letal da pandemia.

Os dados do isolamento social também são preocupantes: no dia 19 de fevereiro de 2021, apenas 31% dos brasileiros permaneceram em casa. Em março do ano passado, quando ainda não havia mortes no país, o isolamento também estava na faixa de 30%.

Enquanto isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) segue alertando: “Temos dito de forma consistente que, por si só, usar máscaras não é suficiente. Precisa ser parte de uma série de medidas tomadas. Distanciamento ajuda, reduz os riscos de ser infectado. Máscaras ajudam, especialmente quando o distanciamento não é possível”, afirmou Tarik Jašarević, porta-voz da OMS.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.