Bairro da Zona Sul tem mais de 500 carros roubados nos primeiros nove meses de 2019

0
97

Os registros de carros roubados na região do Ipiranga e Vila Clementino, juntos, não superam a quantidade de veículos roubados no Jabaquara


O bairro do Jabaquara registra 524 ocorrências de roubos de veículos entre janeiro a setembro de 2019. No mesmo período, a 17º DP Ipiranga e a 16º DP Vila Clementino, juntas, tem quase a mesma quantidade de carros roubados: 489.

Em novembro, apesar da Secretaria de Segurança Pública ainda não ter as estatísticas, já existem roubos que deixaram moradores da Zona Sul em alerta.

No dia 2 de novembro, na Rua Jussara – no Bosque da Saúde, uma câmera de segurança filmou um assalto a uma família que estava na porta de casa se preparando para viajar. Enquanto colocavam as malas em dois carros, as vítimas são surpreendidas por um grupo que chega em um veículo preto. Armados, eles retiram todos os objetos de valor dos moradores e levam um dos carros.

Outra câmera de segurança, na Rua Miller Carioba – no Jardim da Saúde, mostra dois assaltantes cercando uma família no dia 9 de novembro, às 14h45 da tarde. Eles levam todos os pertences pessoais e a chave do carro, que estava estacionado logo em frente.

No dia 18 de novembro, na Rua Calógero Calía – região do Cursino, dois ladrões se aproximam de uma caminhonete, retiram a motorista e entram no veículo. Ao dar a partida no carro, são surpreendidos com tiros que vem de um carro que fazia a escolta de um caminhão. Na fuga, o bandido bate no portão de duas casas, foge. e abandona a caminhonete alguns metros depois e a dupla fugiu.

A Secretaria de Segurança Pública disse que analisa as denúncias dos moradores e os índices criminais para reorientar o policiamento.

Um estudo do site Compara, com dados de cinco seguradoras de carros, revela que o preço dos seguros dos carros mais roubados na capital paulista tem uma variação de 309%, o que faz o dono do veículo ter um gasto até três vez mais caro pelo serviço.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.