ARTIGO | Todos têm algo a dizer

0
800

O que não falta nos dias de hoje são pessoas com algo a dizer.

São opiniões, reclamações, sugestões, indagações, pregações, manifestações, indignações e “ões” intermináveis. Até quem nunca disse nada está dizendo alguma coisa.

Com o empoderamento das mídias sociais a participação nos “ões” está cada vez mais acirrada.

Mas, será que tudo que as pessoas estão dizendo realmente tem fundamento e relevância ou apenas são atos participativos em razão da vontade de pertencimento a esta nova classe de “pessoas opinativas”?

Pelos comentários não é difícil notar que muitos entendem de tudo, política então é “hors concours”, somando-se teorias conspiratórias fora do eixo da realidade, mas que são realistas para muitos.

Gênesis 11:1-9: a humanidade unida nas gerações seguintes ao Dilúvio segue falando uma única língua e migrando para o leste, chega à terra de Sinar. Lá eles concordam em construir uma cidade e uma torre alta o suficiente para alcançar o céu. Deus observando a cidade e a torre confunde suas falas para que não se entendessem mais e os espalha pelo mundo. Eis o mito da Torre de Babel.

Quando muito se fala, as falas se confundem e as pessoas não se entendem mais. Estamos em uma moderna Torre de Babel. Os grupos de WhatsApp que o digam.

Parece que as pessoas param de sentir, para dar espaço ao falar, com aqueles que são amigos há muitos anos. Mesmo com sua família, falam como se nada mais sentissem.

Coríntios 1-13: Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.

Nos dias de hoje, estamos apenas ecoando e ecoando, perdendo a noção dos valores da nossa civilização, e banalizando as verdadeiras condições que fizeram do respeito nosso orgulho maior.

Não há uma sociedade perfeita sem uma consciência com retidão daqueles que nela habitam. Caminhar em sociedade é aceitar que somos iguais perante ela, e devemos nos manter em formação de seres humanos melhores a cada dia.

Cesar Romão é escritor, palestrante e Jornalista


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.