17.1 C
São Paulo
quarta-feira, 29 junho, 2022
Mais

    ARTIGO | Quando a mente é norteada por um sentimento de culpa

    Mais lidas

    Por Anderson Braz


    O que é culpa??? Por que me sinto culpado???

    A Culpa é uma responsabilidade por dano, mal ou prejuízo causado a outra pessoa.

    “A suspeita sempre persegue a consciência culpada; o ladrão vê em cada sombra um policial” – William Shakespeare

    Existem momentos que transferimos nossa culpa, repetindo literalmente o mesmo acontecimento do jardim do Éden, a mulher que tu me deste! Foi esta mulher! Adão quer ter uma justificada interior e achar um culpado para a sombra que agora norteia a sua mente.

    Assim também somos nós, pois ainda temos traços de uma natureza adâmica em nosso caráter e conduta, por exemplo no trânsito, no mercado, queremos sempre sair em vantagem e nunca é a nossa culpa, mas sim do outro. Ou quando as coisas não andam muito bem, agredimos na inveja, ou até o outro me deseja o mal, ou fez alguma coisa contra a minha vida, algumas destas coisas podem até acontecer.

    A palavra de Deus nos mostra que o salmista estava em um momento de Salmos 32: 1-5 (NVI).

    E qual seria as principais consequência, o sentimento de culpa dentro da mente de um ser humano?: Insônia; sensação de tristeza; perda ou aumento de apetite; cansaço inexplicável; baixa autoestima; alergias de pele; excesso de sensibilidade; apatia; alterações drásticas no peso; enxaqueca; problemas gastrointestinais; pensamentos turbulentos; sentimento de inferioridade; queda de cabelo.

    Identificando a culpa patológica

    A culpa atinge proporções patológicas quando o culpado passa a alimentar-se de pensamentos irracionais sobre o que lhe causa esse sentimento.

    Por exemplo, sente culpa por ter falado algo inapropriado para alguém querido. Em vez de conversar com sinceridade com essa pessoa e pedir perdão para o outro, ele se fere emocionalmente por ter cometido o erro, com pensamentos como “eu sou uma pessoa horrível” ou “eu mereço sofrer” esses pensamentos são constantes, embora sejam ilógicos.

    Por temer a reação da pessoa devido aos cenários fantasiados por ele, o culpado permanece paralisado pelo excesso do sentimento de culpa.

    Esse cenário é completamente diferente do proporcionado pela culpa saudável. A medida certa desse sentimento encoraja a pessoa culpada a pedir perdão e fazer emendas, além de refletir sobre como pode ser melhor no futuro. Assim, ela não consegue permanecer inerte, deixando de ser tomada pelo sentimento de culpa.

    No evangelho de João 10:10 Jesus no convida para termos uma vida Plena e abundante.

    Anderson Braz, pastor da Igreja Batista Vida Plena

    SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas