Após briga, morador de prédio na Zona Sul atira contra policiais e foge

0
451

A Polícia foi chamada para conter uma briga entre o morador e outro homem por causa da venda de um carro

 

A Polícia pediu a prisão temporária do morador de um prédio na Rua Estado de Israel, Vila Clementino, que atirou contra policiais chamados para resolver uma briga entre ele e outro homem, na tarde da última segunda-feira (24) . Renato Alves, 39 anos, está foragido.
Segundo a Polícia, o atirador quis desfazer o negócio e o antigo dono do carro, que não mora no prédio, ligou para a Polícia.
No fim da tarde, a Polícia invadiu o apartamento de Renato, mas o imóvel estava vazio. Os PMs, então, começaram uma busca pelo atirador e os outros moradores não podiam entrar ou sair do prédio. A rua toda foi interditada, mas não havia nenhum sinal de Renato, que, segundo a Polícia, ainda estava armado. Os 36 apartamentos do prédio foram vistoriados, assim como as áreas comuns do condomínio.
“No momento em que ele efetuou os disparos, ele pode ter aproveitado essa confusão e ter escapado. O alambrado que se encontra no fundo foi retorcido. Há uma possibilidade do indivíduo ter fugido por aquele local”, explicou o Tenente Coronel Márcio Nesho da Silva, comandante do 3º Batalhão da PM.
Os dois PMs atingidos foram atendidos no Hospital São Paulo e passam bem. O atirador vai responder por tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil contra autoridade.

 

__
FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]
- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.