Aeroporto de Congonhas deve superar marca de 20 milhões de passageiros em 2023

0
807

Espaço foi privatizado por grupo espanhol, que já está modernizando espaço e ampliando atendimento


O Aeroporto de Congonhas se consolidou novamente como o segundo principal aeroporto do país. Com o aumento de pousos e decolagens, além também da privatização para o grupo espanhol, o Aeroporto de Congonhas, neste 2023, deverá superar a incrível marca de 20 milhões de passageiros que pela Zona Sul trafegaram.

A marca não é atingida há quatro anos. No acumulado até outubro, o aeroporto contabilizou um total de 17.070.347 passageiros entre embarque e desembarque, 16,7% a mais do que o mesmo período do ano anterior, pórme 1,8 milhão de passageiros a menos do que o último ano antes da pandemia, em 2019.

Neste mesmo período, entre pousos e decolagens, foram um total de 183.007 aeronaves, mantendo uma média de 604 voos diários, 15% a mais do que o ano anterior, mas mesmo com menor número de passageiros, superando em 2% o número de aviões trafegando no comparativo com 2019.

Seguindo a perspectiva de voos diários, é muito provável que a marca de 20 milhões de passageiros seja superado até o final de 2023.

O Grupo Espanhol Aena, que assumiu a gestão do aeroporto está investindo cerca de R$ 3,3 bilhões em melhorias do espaço, previsto para serem investidos no decorrer da década.

Dentre os projetos, inclui a construção de um novo terminal com capacidade para até 25 milhões de passageiros, com entrega prevista para meados de 2028. Comas as obras, a área de Congonhas será ampliada dos atuais 35 mil m? para 80 mil m².

Além disso, reformas em vias de acesso e noas banheiros também já estão em andamento, junto com ampliação da sala de embarque remoto e da revitalização da fachada.

O Aeroporto de Congonhas só está atrás do Aeroporto de Guarulhos, que também fica na Região Metropolitana de São Paulo, atendendo o grande e intenso fluxo da maior metrópole da América Latina.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.