Acúmulo de lixo em canteiro de escola causa mal estar e gera perigo para a comunidade

0
149

O lixo vem causando problemas na região do Jardim Aeroporto: são garrafas vazias de cerveja, algumas quebradas; papel picado; plásticos de lixo e garrafas pet espalhadas


Por: Alexandre Maretti

A reportagem do Grupo Sul News flagrou acúmulo de lixo em um canteiro do muro da Escola Municipal de Ensino Fundamental Ministro Calógeras, no Jardim Aeroporto.
O canteiro situa-se na esquina da Avenida Lino de Moraes Leme com a Rua dos Tamoios e a escola está localizada na via do lado, na Rua Alsácia – 59.

O lixo vem causando problemas na região: são garrafas vazias de cerveja, algumas quebradas; papel picado; plásticos de lixo e garrafas pet espalhadas. Há mais ou menos um mês há reclamações de mau cheiro no entorno o que gera desconforto e até situação de perigo às pessoas que passam próximo ao local, já que as garrafas quebradas e objetos cortantes podem machucar os alunos que passam por ali.

Não se sabe ao certo quem faz o descarte do lixo de forma inadequada, pois a escola não possui câmeras de segurança externa, mas, segundo a diretora e professora de matemática, Ângela, provavelmente, os lixos são descartados pela comunidade local, pelos próprios moradores ou por estabelecimentos comerciais. A diretora diz que já foram feitas reclamações na Prefeitura, mas até agora o problema não foi resolvido.

Em nota, a Subprefeitura Santo Amaro informou que “o local citado recebe serviços de varrição, coleta de entulho e corte de grama a cada 15 dias. Uma equipe da administração regional foi enviada na última quinta-feira (24) ao local para fazer a zeladoria. O Município disponibiliza a Central SP156 (telefone, aplicativo e site), além de praças de atendimento das subprefeituras para denúncias de descarte irregular e informações sobre manejo correto. O descarte de lixo em via pública é passível de multa de R$ 819,81 (abaixo de 50kg) até R$ 16.003,53 (acima de 50kg), conforme os artigos 160 e 161 da Lei 13.478/02″.


FALE COM A REDAÇÃO
Sugestões de pauta, envie email para: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.