Abraço Guarapiranga entrará no calendário de eventos da cidade de São Paulo

0
909
O Abraço Guarapiranga é realizado anualmente, desde 2006, às margens da represa

O Abraço é um convite para agir em defesa do meio ambiente e da preservação dos recursos hídricos


A Câmara Municipal aprovou, em primeira votação, no dia 29 de agosto, o Projeto de Lei 366/2023 para incluir no Calendário de Eventos da cidade de São Paulo o “Abraço Guarapiranga”, que passará a ser celebrado em data próxima ao Dia Nacional da Mata Atlântica (27 de maio) ou ao Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho).

O Abraço Guarapiranga é realizado anualmente, desde 2006, às margens da represa Guarapiranga, em diferentes pontos da cidade, inicialmente em Parelheiros, no Solo Sagrado; na Capela do Socorro, na Barragem da Represa Guarapiranga; e no M’Boi Mirim, no Parque Ecológico Guarapiranga.

“Eu moro em um bairro às margens da represa e me sinto responsável enquanto cidadão e agente público em propor e apoiar ações que tratem da preservação dos nossos mananciais e do meio ambiente, tornar o Abraço Guarapiranga um evento oficial da cidade é um passo importante no sentido de envolver toda a sociedade”, enfatizou o vereador Arselino Tatto (PT), um os autores do projeto.

O evento é uma iniciativa de organizações da sociedade civil e entidades socioambientais, e surgiu com o propósito de debater e apresentar propostas para implantação de parques lineares nas margens de córregos e represas, requalificação da orla da represa Guarapiranga, políticas habitacionais para loteamentos irregulares e áreas de risco e ampliação e recuperação de áreas verdes.

Hoje, consolidado, o Abraço é um convite à sociedade para agir em defesa do meio ambiente, da preservação dos recursos hídricos e no enfrentamento às mudanças climáticas e suas consequências. Em 2023, a 17ª edição do Abraço Guarapiranga foi realizada no Parque Ecológico Guarapiranga, região do M’Boi Mirim; no Parque Municipal da Barragem Guarapiranga, região de Capela do Socorro; e na Comunidade Missionária de Villaregia-CMV, em Embu Guaçu. A atividade mobilizou a população, entidades e ONG’s ambientais, ativistas, o poder público e autoridades locais mostrando mais uma vez sua relevância.

Para que o Abraço Guarapiranga possa integrar definitivamente o calendário oficial de eventos da cidade, o projeto de lei 366/2023, que tem os vereadores Arselino Tatto, Jair Tatto, Marcelo Messias e Rodrigo Goulart como autores, precisa ser aprovado em uma segunda votação na Câmara Municipal.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.