19.9 C
São Paulo
quinta-feira, 26 maio, 2022
Mais

    1º Planetário aberto ao público no Brasil, dentro do Parque Ibirapuera, completa 65 anos

    Mais lidas

    Já foram realizados mais de 700 cursos e palestras sobre Astronomia e Astrofísica e ambiente é uma viagem pelas galáxias


    Nesta quarta-feira (26) o Planetário Aristóteles Orsini, localizado dentro do Parque Ibirapuera completa 65 anos de sua fundação. O Planetário, inaugurado em 26 de janeiro de 1957, é o primeiro a ser aberto ao público no Brasil, fazendo aquele convite irresistível de ver o Universo com os nossos próprios olhos.

    Em todos esses anos, foram milhões e milhões de pessoas que sonhou em ser possível navegar entre outras dimensões pela vasta imensidão do universo, ainda mais entrando em um Planetário emoldurado pela engenharia em formato redondo sob uma cúpula de 18 metros, lembrando um Disco Voador pronto para decolar.

    Atualmente o monumento é tombado por órgãos, como Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado) e pelo Conpresp (Conselho Municipal de Tombamento e Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental) reconhecendo seus valores históricos, científico e cultura.

    As atrações já começam pelo lado de fora, quando o público pode se entreter com a Rosa dos Ventos, o Relógio de Sol e a Esfera Armilar, estrutura usada para encontrar o posicionamento dos principais corpos celestes.

    Dentro do Palnetário você poderá se encantar com o StarMaster, um projetor alemão capaz de reproduzir com fidelidade os astros do céu noturno em qualquer período ou lugar da história. (Vai lá ver como era o céu na noite em que Pedro Álvares Cabral chegou nas terras tupiniquins!)

    Nem só de atração cultural vive o Planetário, no mundo acadêmico, o local é essencial para os estudos científicos e astronômicos e é ponto de divulgação dos resultados de pesquisas em São Paulo.

    Há, inclusive, a Escola Municipal de Astrofísica (EMA), escola pioneira em toda a América Latina no ensino de Astronomia, onde desde sua inauguração, em 1961, já realizou mais de 700 cursos e palestras do assunto.

    Como programação especial, você poderá curtir no domingo, 30 de janeiro, às 11h, a Sessão Projeto Científico, voltado ao público infantil. Apresentação conta com os personagens Neco e Silo, habitantes do planeta Arconine, e decidem fazer uma transmissão pirata para divulgar um prêmio escolar conquistar. A Entrada custa de R$ 10 a R$ 20.


    SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

    - Patrocinado -

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas