1ª Etapa da SuperBike Brasil pegou fogo! Guilherme Brito vence sob forte pressão de Joelsu Mitiko

0
1480
Guilherme Brito na SuperBike PRO no lugar mais alto do pódio. Foto: Reprodução / Matheus Laube

Em um domingo de forte sol em Interlagos, as máquinas de duas rodas incendiaram ainda mais nas diversas categorias da SuperBike


Neste domingo (6) foi realizado a primeira etapa da Super Bike Brasil, responsável pelas principais categorias de motovelocidade do Brasil! A primeira de 10 etapas aconteceu no Autódromo de Interlagos (ao qual será realizado outras 5 etapas).

O fim de semana foi muito divertido e emocioanante, os jornalistas do Grupo Sul News foram prestigiar o evento no domingo e viu o quanto o público presente, tanto nas arquibandas, que possuem entrada gratuita, quanto no paddock, que dá direito a visitar boxes, ver pilotos e equipes de pertinho, se agitaram muito mostrando uma experiência única.

DIFERENÇAS DE REGRAS DA CATEGORIA COM OUTRAS CATEGORIAS

Pra você que é amante de corrida de carros, como Fórmula 1 e Stock Car, ou até mesmo a principal categoria de motovelocidade, a MotoGP, está habituado de ver pit-stops durante as corridas, para troca de pneus, reabastecimento ou troca de peças em ocorrência de acidentes. Mas a SuperBike possui corridas de 20-30 minutos com um tanque cheio e um jogo de pneus, tornando as corridas numa emocionante disputa de braço e roda a roda!

Outra diferença está no pódio no final de cada corrida, onde sempre há o pódio geral, e depois o pódio contendo apenas pilotos de subcategorias, como por exemplo na SuperBike Light, onde há a subcategoria ‘Master’, ou na SuperSport,. Com as subcategorias ‘PRO’, ‘Extreme’ e ‘Estreante’.

PONTUAÇÃO

Nas categorias da SuperBike Brasil, os pilotos ganham a pontuação da seguinte maneira:

25 pontos
20 pontos
16 pontos
13 pontos
11 pontos
10 pontos
9 pontos
8 pontos
7 pontos
10º6 pontos
11º5 pontos
12º4 pontos
13º3 pontos
14º2 pontos
15º1 pontos

JUNIOR CUP HONDA

Aos amantes de duas rodas, o domingo começou com uma bela corrida da Junior Cup, da Honda! É a porta de entrada para as futuras gerações começarem a brilhar com moto! A Junior Cup são pilotos promissores de 8 a 16 anos, que tem como objetivo ensinar todos os conceitos e técnicas de pilotagem, é o famoso ‘dar o caminho das pedras’ aos prodígios pilotando uma Honda CG 160 Titan.

E o vencedor da 1º corrida da Junior Cup foi o estreante Miguel Garcia (96), que não se deixou levar pela pressão da estreia e começou com o pé direito no campeonato vencendo a apenas 9 milésimos de distância ao 2º colocado, Murilo Gomes (42) se apresentando a todos os paulistanos presentes que pode ser um promissor nome da motovelocidade nacional. HeitoOurinho (78) e Leo Marques (9), também ficaram roda a roda com os líderes numa emocionante disputa, com Enzo Ximenes (12) completando o pódio. (na Motovelocidade o pódio é formado pelos 5 primeiros).

Miguel Garcia comemorando sua primeira vitória na estreia na categoria! Foto: Reprodução / Matheus Laube

SUPERBIKE LIGHT

A categoria SuperBike Light, os pilotos pilotam diversos modelos de Moto 1000 cilindradas, é extrema potência que poucos conseguem domar, sendo elas CBR 1000RR, BMW S1000R, ZX-10R, Yamaha R1 e Ducati Panigale. Nesta categoria ainda há a subcategoria Master, para pilotos com mais de 45 anos de idade.

O piloto Luís Bertoli (33) liderou a prova com larga vantagem sobre o segundo colocado, vencendo a prova com muita tranquilidade. E teve emoção na disputa do segundo lugar entre Juracy ‘Black’ (9) e Luis Ferraz (13), que terminaram em 2º e 3º respectivamente, sendo Juracy o vencedor da subcategoria Master!

Momentos antes da grande largada! Foto: Reprodução / Matheus Laube

SUPERSPORT 600

A categoria SuperSport são usados motos com 600 cilindradas e precisa de alguns requisitos para participar de suas subcategorias: na ‘PRO’ o piloto pode entrar com ao menos 2 anos em atividade, e que registrou tempos abaixos de 1min50s em Interlagos; na ‘Extreme’ idem a 2 anos de experiênciascom tempos entre 1min49s999 e 1min45s999; e a categoria ‘Estreante’ nem preciso explicar né? Rs.

Esta categoria foi teve a disputa pela liderança mais emocionante do dia, foram 4 pilotos que disputaram roda a roda pelo maior tempo na pista, mas antes um susto com a entrada do safety car na pista, no paddock havia alguns telões com a transmissão da corrida, mas não foi mostrado como o piloto perdeu o controle da moto, mas não teve nenhum ferimento grave. A corrida reiniciou com os mesmos quatro pilotos disputando lado a lado a liderança até as voltas finais, quando ficou concentrado entre Mauro Passarino (55), Lucas Torres (177) e Felipe Gonçalves (300), que terminaram em 1º, 2º e 3º, respecivamente.

Mauro Passarino é argentino e viveu um conto de fadas em terras tupiniquins ao segurar a pressão durante a corrida inteira e se manter concentrado para ser o primeiro a receber a bandeirada, tocando tango argentino bem na nossa casa! Já a subcategoria ‘Extreme’, Mauro Thomassini (5) foi o 1º, tendo Jonas Vieira ‘McDonalds’ (78) como o melhor estreante da categoria!

Aquele clima descontraído antes da largada Foto: Matheus Laube

COPA PRO HONDA 650R

Esta categoria, como o próprio nome já diz, são apenas usados Motos Honda CBR 650R. na subcategoria ‘PRO’, podem participar pilotos que conseguiram fazer tempos inferiores a 1min53s em Interlagos. Na ‘LIGHT’ são pilotos com tempos superiores a 1min53001, além da ‘Master’ para pilotos acima de 40 anos.

Nesta categoria, o piloto João Carneiro (1) foi o vencedor deste domingo que teve a vida mais tranquila para ser o primeiro a receber a bandeira xadrezada, largou na pole e já na primeira volta estava liderando com uma grande folga, terminando a prova a mais de 13s de diferença para o segundo colocado, Lucas Minato (22), seguido de Marcelo Simões ‘Bode’ (23), Mauricio Laranjeira (29) e Michael Valtingojer (40).

João Carneiro momentos antes da alegria acontecer! O piloto estava bem tranquilo para assegurar a vitória Foto: Matheus Laube

SUPERBIKE PRO

Esta é a categoria mais aguardada do dia, e claro, que era a última corrida, é a principal categoria da Motovelocidade Mundial, e se destaca por ser uma competição com as motos mais poderosas que temos, é a ‘MotoGP do Brasil’. As motos na reta passam dos 300 km/h! E podem usar as marcas CBR 1000RR, BMW S1000R, ZX-10R, Yamaha R1 e Ducati Panigale.

A principal corrida foi a mais emocionante de ver a largada, com os maiores barulhos e arrancadas, os pilotos sempre largam dando uma leve empinada na moto de tão poderosa e é hipnotizante ver. Houve uma bela perseguição na liderança entre os pilotos Guilherme Brito (44) e Joelsu Mitiko (747), mas Guilherme manteve a calma e suportou a pressão até a bandeirada garantindo a vitória na primeira temporada.

A torcida nas arquibancadas foram a loucura com a principal atração, ainda mais que rolou uma emocionante ultrapassagem na reta dos boxes, com todos gritando, além disso, o atual campeão Pedro Sampaio, teve problemas no início e ficou pra trás, mas toda vez que passava na reta dos boxes a torcida gritava com MUITA emoção, incentivando o campeão a perseguir os últimos colocados.

Foi um show a parte! A emoção na chegada até o pódio fez a torcida ficar ensurdecida e gritando de loucura para os pilotos. Para quem comprou o ingresso no Paddock, pôde ver tudo de pertinho, e ainda transitar entre os boxes e área do pódio.  

Joelsu Mitiko com sua numeração ‘oriental’ Foto: Matheus Laube

CAMPEONATO E FUTURO

As equipes e pilotos já deram as cartas na mesa para o que esperar desta temporada, a SuperBike Brasil terá ainda mais 9 etapas no restante do ano, sendo um total de 6 corridas somente em Interlagos. E você já tem data marcada, dia 24 de abril é a segunda etapa em Interlagos, e você poderá conhecer muito mais sobre o universo da motovelocidade no Brasil aqui na Gazeta de Santo Amaro, vem com a gente sentir essa emoção em duas rodas!

Aquela fé sendo imposta antes do início da corrida! Foto: Matheus Laube

SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.