25.3 C
São Paulo
quinta-feira, 7 julho, 2022
Mais

    Voluntários se unem na represa Guarapiranga para a ação internacional Clean Up the World

    Mais lidas

    Ação teve coletas de lixos orgânicos e recicláveis, junto a plantações de árvores nativas da região


    Neste sábado (18) foi realizado na represa Guarapiranga, a ação Clean Up the World, com os projetos Limpeza na Represa, Instituto Clelia Angelon, Coletando e Planta Feliz, com ações sobre descarte de lixos e plantações de árvores nativas. A ação foi realizada no Parque São Paulo, na Av. Atlântica, 3834.

    O Clean Up the World é um evento que acontece simultaneamente em mais de 130 países reunindo ações sociais com limpeza de rios, praias e lagos.

    Os responsáveis pelo projeto, junto a cerca de 300 voluntários, incluindo o Diretor do Grupo SulNews, José Carlos Rodrigues, começaram a manhã com um café regado a frutas e lanches. E pra deixar o clima mais leve, foi realizado uma dança coletiva, ao som do hit “Macarena”, deixando todos relaxados para a realização das atividades.

    O Corpo de Bombeiros esteve presente com uma palestra sobre prevenções de acidentes e primeiros socorros sobre a água.

    Os voluntários foram divididos em grupos para vivenciarem atrações diferentes. Entre as atividades, teve a confecção de filtros de água com garrafas PET, com algodão, carvão e pedras específicas, vendo na prática a filtração da água da própria represa.

    Outra brincadeira consistia em um balde cheio de água amarrado a várias cordas, onde, coletivamente, o grupo levantava o balde e enchia pequenas garrafas com um filtro, a brincadeira serviu para alertar sobre a conscientização coletiva que devemos ter sobre o uso da nossa água, essencial para a vida, e sobre os cuidados com descartes de lixo e esgoto para melhor aproveitamento da água.

    Os voluntários seguiram de barco até locais escolhidos pela organização para coletar lixos recicláveis e orgânicos na represa e plantações de mudas nativas da região para semear um futuro mais bonito e sustentável na represa.

    O Ge Lopes, do Limpeza na Represa, conta sobre a importância da limpeza na natureza: “Uma das primeiras ações do Projeto Limpeza na Represa foi limpar aqui no Parque São Paulo após um baile funk, o local estava sujo e deixamos tudo limpo, após a limpeza, tartarugas vieram até o local e deixaram ovos no ninho, isso nunca tinha acontecido, a natureza retribui nossas ações e depois disso, o dono do local proibiu festas por aqui”.

    Confira as fotos da cobertura do evento!


    SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

    Leia mais

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    - Patrocinado -

    Últimas