ViaMobilidade abre 30 vagas exclusivas para mulheres na Linha 5-Lilás

7
2487
De trajeto para o antigo emprego, a Linha 5-Lilás se tornou o local de trabalho para a AAS Carolina Brandão / Foto: Divulgação

Os postos de trabalhos são para AAS nas estações de metrô e ampliam a participação feminina na concessionária


A ViaMobilidade está com vagas abertas para mulheres nas estações da Linha 5-Lilás de metrô paulistano. Ao todo, são 30 oportunidades para a função de AAS (Agentes de Atendimento e Segurança), que atuam nas estações para o atendimento aos passageiros.

Responsável pela operação e manutenção da Linha 5-Lilás, a ViaMobilidade tem à disposição um quadro de colaboradores que pode chegar a 350 agentes, dos quais 64 postos são atualmente ocupados por mulheres. O objetivo da empresa é ampliar o número de colaboradoras femininas para 94, o que faria elevar o quadro de mulheres no atendimento dos atuais 18% para 27% nas 17 estações da linha.

Comprometida com a equidade de gênero, a Linha 5-Lilás, da ViaMobilidade vem ampliando as oportunidades para aumentar a presença de mulheres em seus quadros de colaboradores. Na área de tráfego, por exemplo, a participação feminina está em 33%, com 53 mulheres em um quadro de 157 colaboradores, que inclui operadoras de trens, supervisoras e equipe de pátios.

Quem tiver interesse nas oportunidades de trabalho pode enviar o currículo pelo site da ViaMobilidade, na seção Oportunidades. Na página, basta clicar em “Cadastre seu currículo” e selecionar “Agente de Atendimento e Segurança”. Mulheres cis e trans podem participar do processo de seleção. A concessionária também disponibiliza outras funções, inclusive com banco de dados para PCDs (pessoas com deficiências).

Para concorrer às vagas de AAS, a candidata precisa contar com Ensino Médio completo, possuir conhecimento em pacote Office básico e disponibilidade de horário para trabalhar por escala. Os funcionários têm assistência médica e odontológica; seguro de vida; vale-refeição ou alimentação; previdência privada; folga no dia do aniversário, entre outros benefícios.

Segundo levantamento do Balanço do Setor Metroferroviário de 2022, publicado em abril pela ANPTrilhos (Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos), mais de 7,3 mil mulheres integram as empresas que operam os sistemas de transporte de passageiros sobre trilhos em todo o Brasil. Tal quadro representa cerca de 25% do total da força de trabalho empregada no segmento.

Carreira na Mobilidade

Moradora do Jardim Ângela, zona sul da Capital, Margarete Souza, 34 anos, atuava na área de vigilância desde 2011, mas não teve a oportunidade de seguir um plano de carreira na antiga empresa. Dez anos depois, a colaboradora ingressou na ViaMobilidade como AAS na Estação Capão Redondo da Linha 5-Lilás. Passado um ano e cinco meses, hoje Margarete é operadora de metrô, pela mesma linha.

“Isso foi maravilhoso. Já vinha da área de segurança e passei 10 anos como vigilante, mas nunca tive uma chance de promoção. Pela ViaMobilidade, consegui ser aprovada nesse processo. Temos material para estudar, cursos preparatórios para o novo cargo e está tudo disponível para você crescer profissionalmente, basta querer”, comemora a operadora.

Dentro da família, Margarete tem em sua enteada Ester Florêncio, 21 anos, mais um exemplo de quem quer escrever uma história na Mobilidade Urbana. Ela é jovem aprendiz em programa exclusivo para mulheres, fruto de parceria da ViaMobilidade junto ao Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). “A minha expectativa é que assim como eu, ela cresça na empresa. E que em alguns anos seja uma colaboradora reconhecida e preparada para qualquer desafio”, diz Margarete.

Moradora do Jardim Ângela, zona Sul de São Paulo, Carolina Brandão, 26 anos, usava a Linha 5-Lilás para ir ao antigo trabalho, até que um dia viu um anúncio de novas vagas para a ViaMobilidade na Estação Giovanni Gronchi. Hoje, a colaboradora é AAS na Estação Hospital São Paulo. “Para mim, (ser AAS) é uma grande satisfação. Sempre usei a Linha (5-Lilás) e via os agentes, e queria ser uma também. Daí vi um informativo para novas vagas e me inscrevi”, diz.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

7 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.