Trombose pós-cirurgia pode ser evitada com alguns cuidados essenciais

0
234

A atenção deve estender-se até mesmo após a alta hospitalar


Apesar dos avanços na medicina, a trombose venosa profunda (TVP) continua representando uma grande preocupação para pacientes submetidos à cirurgia. Com o intuito de minimizar o risco de complicações, os médicos submetem os pacientes a uma avaliação pré-operatória minuciosa.

Medidas e orientações simples, como parar de fumar e manter uma adequada hidratação, são fundamentais para promover o fluxo sanguíneo e prevenir a trombose. Uma dieta balanceada e saudável, evitando o consumo de alimentos ricos em sal e bebidas alcoólicas, contribui para o bom funcionamento do sistema circulatório e reduz o risco de complicações vasculares pós-cirúrgicas.

No caso de trombose venosa aguda, é recomendado o acompanhamento do cirurgião vascular para identificação da causa, orientação do tratamento, escolha da medicação usada na alta, orientar exames de avaliação de complicações, necessidade de procedimento cirúrgico invasivo e tempo total de tratamento e seguimento do paciente.

Nos casos de trombose aguda e embolia mais graves, em que existe risco imediato de morte ou graves sequelas, pode ser necessária a dissolução do trombo por meio de infusão de medicamentos, ou cirurgia endovascular, como parte do tratamento, para quebra e aspiração dos coágulos, com técnicas de cateterismo.


SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.