Tratamento de câncer em crianças e adolescentes ficam mais alegres com o Instituto Heleninha

0
228
Cassio Reis, embaixador do Instituto Heleninha ao lado de uma das famílias atendidas

ONG oferece transporte durante o tratamento para famílias superarem o câncer com amor


Ser solidário é sinônimo de bem-estar e felicidade. Ainda mais quando ajudamos pessoas que necessitam de ajuda para realizar alguma tarefa. A região do Brooklin contempla a sede do Instituto Heleninha, antes chamado de Associação Helena Piccardi de Andrade Silva (AHPAS), que é focado no auxílio de transporte para crianças e adolescentes em tratamento de câncer em São Paulo.

A ONG, que atua há mais de 20 anos, surgiu em meio a uma história triste. O casal Luiz Maurício e Tatiana Piccardi perdeu a filha, ainda criança, Helena, vítima da doença. “Costumo dizer que o Instituto Heleninha é fruto da transformação de uma dor pessoal e familiar em uma construção solidária”, afirma Tatiana Piccardi.

A história começou com carros pessoais do casal e amigos, levando famílias em vulnerabilidade social e sem condições de manter o tratamento. O trabalho tomou tamanha proporção, que hoje conta com um time de funcionários e voluntários focados em dar toda a assistência não apenas quanto à mobilidade, mas também oferecendo apoio socioeducativo aos atendidos.

“Temos um espaço especialmente preparado para recebermos as famílias. A gente sabe que não basta ser o transporte, precisamos também entender como é que essas famílias estão, do que precisam e auxiliá-las em tudo o que estiver ao nosso alcance.” diz a Presidente-Voluntária Fernanda Murad.

Entre idas e vindas do trajeto casa-hospital-casa, nesse primeiro trimestre de 2022, o Instituto Heleninha já contabilizou 1.477 viagens e mais de 64 mil quilômetros rodados com muitos pacientes vindo dos extremos sul e leste da capital, locais muito distantes do centro e dos principais hospitais. “Atendemos os grandes hospitais de câncer da cidade. Eles são os nossos parceiros. As famílias vêm dos hospitais que contactam nossas assistentes sociais.

Por muitos anos, a organização atendia até 50 famílias simultaneamente, hoje, com o avanço de ajudas empresariais e de Pessoas Físicas, consegue atender cerca de 100 famílias. “Além das dificuldades de saúde e financeira, o desafio imenso que é o tratamento requer suporte e cuidados especiais, o que nosso time realiza com muita dedicação”, completa.

Fernanda explica ainda como você, morador ou comerciante da nossa amada Zona Sul, pode colaborar com o projeto e colocar um sorriso no rosto de várias famílias. “Podem trazer voluntários para ajudar na administração ou no bazar, fornecer produtos, como roupas, artigos de casa, acessórios, objetos, brinquedos, onde 100% do lucro é revertido ao Instituto. Além de poder também ser um doador mensal. Qualquer quantia mensal vale muito!”.

Além disso, com a volta presencial, há eventos anuais que todos podem participar como a Pizza do Bem, em parceria com a Camelo Pizzaria; o leilão virtual de vinhos com grandes apoiadores do setor; o almoço de confraternização; a festa de Natal; o FUMCAD (Fundo Municipal da Criança e do Adolescente) onde os patrocinadores podem aportar Lei de Incentivo Federal.

A sede do Instituto fica na Rua Joaquim Nabuco, 47, 1º andar, e você pode ir também no bazar beneficente, na mesma rua, nº 119, conferir diversas peças de roupas e acessórios, além de livros, brinquedos e outros materiais em ótimo estado e com preços bem acessíveis.

A sua ajuda poderá criar uma linda história de superação e muito amor em laços familiares, como a do Gabriel Ferreira, que lutou contra um câncer raro, foi acolhido pela ONG, teve fé e hoje é palestrante contando toda a sua superação para inspirar outras famílias a nunca desistir!

Para ajudar, você pode fazer uma doação através do PIX: 03.873.905/0001-64, acessar o site do Instituto Heleninha ou entrar nas redes sociais Facebook e Instagram: @instituto.heleninha e @bazar.heleninha.

Estagiário do Grupo Sul News, Matheus Laube, junto com a voluntária do bazar e do Instituto Heleninha, Lindi, a Presidente-Volutária, Fernanda Murad

SUGESTÕES DE PAUTA: reportagem@gruposulnews.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.