Teatro Paulo Eiró, em Santo Amaro, é fechado pela terceira vez

2
877

Palco de espetáculos e concertos da Orquestra Filarmônica de Santo Amaro, Teatro já passou por duas reformas com gastos de R$ 14 milhões

 

O segundo maior teatro da capital paulista está fechado, pela terceira vez. O Teatro Paulo Eiró, localizado em Santo Amaro, é palco de muitos espetáculos teatrais e residência oficial da Orquestra Filarmônica Santo Amaro.
Entre 2011 e 2015, foram gastos R$ 14 milhões para uma reforma estrutural que garantiu troca de cadeiras, palco novo, acessibilidade, ar condicionado e a reativação do elevador para o fosso da orquestra.
A reforma seguinte foi feita em 2016, após problemas na rede elétrica. O Teatro foi reaberto em março de 2017, mas os problemas permaneceram e desde o final de 2018, o local está sem energia.
Em dezembro do ano passado, mês em que ocorreram as últimas apresentações, surgiram reclamações nas redes sociais quanto a manutenção do espaço. “Bom e importante o teatro, mas está extremamente desconfortável, lotado e o ar condicionado não funciona. O alarme de emergência dispara no meio dos espetáculos prejudicando as apresentações e há pessoas e crianças passando mal. Uma pena o descaso”, disse uma seguidora.
O nome do Teatro é uma homenagem ao poeta e dramaturgo Paulo Eiró, que nasceu em Santo Amaro em 1871. O teatro foi inaugurado em 1957 e faz parte dos oito teatros municipais da cidade de São Paulo, sendo três deles na Zona Sul.
Em nota, a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) informou “que o transformador do Teatro Paulo Eiró foi danificado em outubro de 2018 e o equipamento está fechado desde então. A SMC já realizou vistoria no local e abriu procedimento para contratação de empresa para elaboração de laudo que vai verificar quais intervenções serão necessárias no equipamento. Todas essas medidas são necessárias para zelar pela segurança dos frequentadores do espaço. A SMC trabalha para reabrir o Teatro Paulo Eiró o mais breve possível. Enquanto isso, a Secretaria estuda a possibilidade de promover atividades artísticas na área externa do equipamento. Vale lembrar que a cidade dispõe de outros sete teatros municipais com programações variadas, inclusive com algumas atrações gratuitas, entre eles o Teatro João Caetano e Teatro Leopoldo Fróes, ambos na zona sul. A programação fica disponível no site www.prefeitura.sp.gov.br/cultura.  Os ensaios da filarmônica continuam no mezanino, mas as próximas apresentações serão no Sesc Santo Amaro.

- Patrocinado -

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.