Síndrome de Sjögren, doença autoimune, é tema de mostra na Estação Paulista da Linha 4-Amarela de metrô

0
4

Dia 23 de julho é uma data voltada para conscientizar as pessoas sobre essa condição, (Síndrome de Sjögren); painéis informativos ficam expostos até o final do mês


A síndrome de Sjögren é uma doença autoimune que atinge principalmente as glândulas lacrimais e salivares, causando secura nos olhos e na boca. Além disso, ela acomete outras partes do organismo, como pele, articulações, pulmões, rins e sistema nervoso.

Por ser pouco conhecida e, muitas vezes subdiagnosticada, vale conhecer melhor a síndrome, tema de uma mostra realizada em parceria com a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela de metrô, e a Associação Brasileira Superando o Lúpus, Doenças Reumáticas e Raras.

Nos painéis da exposição, pacientes contam como enfrentam a doença, que tem uma data – 23 de julho – destinada mundialmente à conscientização sobre seus sintomas e impacto na qualidade de vida. Cleonice Gallo da Silva, por exemplo, disse que demorou a ter o diagnóstico correto e sofreu preconceito por ter a síndrome. Atualmente, com o tratamento adequado, leva uma vida com poucas limitações.

O objetivo da mostra, que trata também da vasculite – inflamação dos vasos sanguíneos – é apresentar as histórias de superação dos pacientes e orientar sobre tratamentos.

“Além de oferecer um transporte seguro e confortável a todos, a concessionária busca sempre levar aos passageiros informações que possam colaborar com a qualidade de vida”, diz Juliana Alcides, gerente de Comunicação e Sustentabilidade da ViaQuatro.

Serviço

Síndrome de Sjögren e Vasculite – Estação Paulista – Linha 4-Amarela

Até 31 de julho

Sobre a ViaQuatro:

A ViaQuatro é a concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela de metrô de São Paulo e o primeiro contrato de PPP (Parceria Público-Privada) assinado no país. Na América Latina, a Linha 4-Amarela é pioneira no uso do sistema driverless, operação automática sem a presença de condutor dentro do trem, que permite a supervisão permanente de velocidade, conferindo mais segurança e precisão à operação.

Sobre a Associação Brasileira SUPERANDO o Lúpus, Doenças Reumáticas e Raras:

A associação começou atendendo pessoas com lúpus e seus cuidadores. Com o passar do tempo passou a atender pessoas acometidas por doenças reumáticas e raras. Hoje atende desde o público infanto-juvenil até o idoso. O trabalho da SUPERANDO está embasado em 4 pilares: Apoiar, Informar, Orientar e Advocacy. A instituição tem como missão, informar e orientar as pessoas com doenças reumáticas e/ou raras, no âmbito nacional, por meio de informações precisas e seguras.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.